Principalmente no meio corporativo, quando é necessário tomar uma decisão para um grupo, a pessoa responsável, muitas vezes acaba decidindo de forma arbitrária, o que pode acarretar em inúmeros riscos, como os muitos exemplos que temos na história. Por isso, as decisões precisam ser tomadas com cuidado, para que o sucesso seja garantido de maneira estratégica.

Para que essas decisões sejam tomadas com mais certeza, existe o Coaching executivo, que é uma metodologia focada em apoiar executivos e profissionais na tomada de decisões difíceis com embasamento, portanto, de forma mais assertiva.

A Importância da Análise SWOT

No Coaching existe uma ferramenta chamada no mundo corporativo de SWOT, que serve para fazer a análise das situações e auxiliar na tomada de decisões.

De acordo com fatos históricos, essa técnica de análise que criada por Sun Tzu, general, estrategista e filósofo chinês (544 Ac), servia para fazer um levantamento minucioso das fortalezas de seus oponentes, identificando os pontos fortes, as fraquezas, as ameaças e as oportunidades.

Foi creditada por Albert Humphrey, que liderou um projeto de pesquisa na Universidade de Stanford nas décadas de 1960 e 1970, onde, na época, foram usados profundos estudos com foco organizacional.

Atualmente, para se conseguir informações para tomada de decisões, os executivos têm muitas ferramentas a mão, como o Coaching, livros, sites e outros meios com os quais ele pode criar seu embasamento.

Processo de Coaching e a SWOT

O processo de Coaching é muito importante em tomadas sérias de decisão, por auxiliar no estudo geral, de pontos fortes, fracos e de oportunidades, tanto da empresa em questão quanto dos concorrentes, fazendo o levantamento baseado em fatos e evidências de forma estratégica, e analisando como isso pode ser utilizado. Munido dessas informações, o executivo consegue elaborar a sua estratégia e tomar sua decisão com mais clareza e assertividade.

Para validar a eficácia e eficiência da análise SWOT no processo de Coaching Executivo existe uma lista de líderes mundiais que se beneficiaram desse modelo de perguntas poderosas para a tomada de decisões executivas durante a história, como Genghis Khan, conquistador e imperador mongol.

Aristóteles, da academia de Atenas, também foi mentor e “coach” de Alexandre, o Grande, que através da técnica SWOT, mapeava as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças e, depois, tomava a decisão executiva baseado em fatos e evidências.

Isso garantiu que a Macedônia crescesse e conquistasse boa parte do mundo antigo conhecido na época.

Através desse embasamento histórico temos a validação de que o processo de coaching tem sido usado há séculos. E comprova ainda que estratégias como a SWOT são peças fundamentais em um processo de coaching para as tomadas de decisão executivas.

  0   0

Sulivan França

Sulivan França

Presidente da SLAC Coaching

Atual Presidente da Sociedade Latino Americana de Coaching, Sulivan França é Master Coach Trainer por meio da International Association of Coaching Institutes, possui licenciamento individual conferido pelo Behavioral Coaching Institute (BCI) e credenciamento individual junto a International Association of Coaching (IAC) além de Master Trainer por meio da International Association Of NLP Institutes.