Análise SWOT Pessoal: Como Fazer?

Estudo que avalia suas forças e fraquezas, com a finalidade de aproveitar as oportunidades de eliminar ameaças, a análise SWOT significa Strengths, Weaknesses, Opportunities, Threats. Também é conhecida no Brasil como análise FOFA (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças) e é considerada uma importante ferramenta de gestão para auxiliar pessoas e empresas a tomar decisões assertivas para alcançar metas e objetivos.

A análise SWOT foi criada pelo americano Albert Humphrey, um consultor de gestão de negócios das décadas de 1960 e 1970.

Devido à simplicidade de utilização, esse tipo de mapeamento ambiental pode ser realizado em cenários diversos, com a identificação de informações pontuais suficientes para a construção de um planejamento estratégico bem efetivo. Além disso, essa técnica possibilita que a pessoa obtenha suas realizações da melhor maneira possível.

Para preencher sua análise SWOT, o primeiro passo é identificar seus pontos fortes, que podem o seu grau de instrução (estudos, especializações e graduações), habilidades, experiências de mercado, diferenciais, competências e características positivas.

Você pode pedir ajuda para pessoas que conhecem seu perfil profissional e pessoal, com a finalidade de obter uma visão externa a respeito de suas potencialidades. Identifique suas fraquezas e pontos negativos, para mapear e minimizar seus defeitos, com o objetivo de transformar as fraquezas em forças.

Você deve analisar com sinceridade suas forças e fraquezas, observando o que precisa ser destacado para o mercado e os pontos mais críticos a serem revertidos. Um personal coach pode dar um bom suporte nesse aspecto, ajudando você a utilizar suas forças para identificar oportunidades partindo das habilidades, conhecimentos e experiências.

Como Aproveitar seus Conhecimentos?

Uma dica é sempre se perguntar qual a melhor forma de aproveitar seus conhecimentos, usar suas habilidades e onde sua experiência pode ser aproveitada da melhor forma. Questões como essa são importantes para sua tomada de decisões e escolha dos melhores caminhos.

Quando reconhecer seus pontos fracos, você enxergará o cenário a ser melhorado e o que não deve fazer para se sobressair no mercado. Uma pessoa que não sabe falar inglês, por exemplo, possui uma grande fraqueza e qualquer situação onde ela esteja envolvida com esse idioma representará uma ameaça. Sendo assim, o indivíduo deve apontar essas ameaças e ficar longe delas.

Você também deve saber analisar suas chances reais de crescer e se aperfeiçoar, como mudar de trabalho ou carreira.

A partir de uma mudança na esfera profissional, avalie as boas oportunidades que você poderá desfrutar, questionando-se sobre as reais chances de crescer na empresa onde trabalha, se possui habilidades para montar um negócio próprio, se tem mente aberta e espírito empreendedor, ou se é atento ao mercado, dedicado e com bom networking.

Ao ser sincero nas respostas da sua análise SWOT, você terá chances reais de fazer um plano de ação consistente, bem elaborado e eficaz para obter bom desempenho no mercado.

Uma das técnicas eficientes para auxiliar e ajudar na sua tomada de decisão é a 5W2H, que assim como a SWOT é um método baseado em perguntas e respostas: What (o que será feito?), Why (por que será feito?), Where (onde será feito?), When (quando será feito?), Who (por quem será feito?), How (como será feito?), How Much (quanto custará?).

A partir das respostas, você obterá um plano de ação completo, eficiente e eficaz, que te ajudará a entender qual a melhor forma de se destacar no mercado.