O que é programação neurolinguística?

Surgida na Califórnia (EUA) no início dos anos 70, a programação neurolinguística (PNL) é um processo educacional sobre como usar melhor o cérebro.

De acordo com Richard Bandler, um de seus criadores, através da PNL é possível utilizar o cérebro para alcançar qualquer resultado, obtendo excelência em qualquer campo de interesse. Essa técnica surgiu da necessidade de se compreender, descrever e ensinar modelos comportamentais e linguísticos de pessoas consideradas excelentes no que faziam.

Além disso, a programação neurolinguística é descrita como um manual de instrução do funcionamento do cérebro humano, da forma como ele capta e registra informações por meio dos cinco sentidos e como ele estrutura e processa essas informações.

Nossa mente produz padrões de pensamentos comportamentais, emocionais e comunicacionais que se apresentam de forma consciente ou inconsciente no dia a dia. Com base nisso, é possível intervir nesses dados de modo a obter respostas emocionais ou comportamentais positivas, alterando padrões que limitam o crescimento pessoal ou profissional do indivíduo. A pessoa pode mudar o que quer em sua vida, de forma rápida e sem grandes esforços.

E quanto a sua eficiência?

A rapidez nos resultados deve-se ao fato de a PNL ser focada e ampliada em pontos específicos da vida da pessoa, ao invés de discorrer por toda sua trajetória. Ele age sobre as estruturas ou registros inconscientes e específicos baseados nas mudanças desejadas, economizando, assim, tempo e dinheiro. Atualmente, esse processo é um dos mais eficientes para processos de mudanças breves e objetivas em questões emocionalmente complexas, como depressão, vícios, fobias, pânico, insegurança e timidez, além de questões mais simples como dificuldade de estudar ou resistência para praticar exercícios.

A PNL oferece um processo catalisador de desenvolvimento pessoal em qualquer área da vida, sendo um modelo poderoso de comunicação que traz resultados altamente positivos nos relacionamentos e na aprendizagem.

Embora tenha aplicações diversas, em qualquer contexto onde se deseja excelência nos resultados, a programação neurolinguística normalmente é utilizada por pessoas que buscam autodesenvolvimento e crescimento pessoal e profissional acelerado. Também é uma potente ferramenta de trabalho para profissionais do comportamento humano, que podem incorporá-la com sucesso em atendimentos individuais ou trabalhos em grupo.