Descontrole emocional pode atrapalhar profissionais no trabalho

Ter um excelente currículo, ser bem qualificado e ter realizado cursos extracurriculares são características que diferenciam muitas pessoas no campo profissional. Porém, essas não são as únicas condições para obter sucesso na carreira. Competências comportamentais e inteligência emocional são imprescindíveis, podendo auxiliar ou atrapalhar quem deseja crescer no ramo.

A pressão interna do ambiente de trabalho e as metas a serem cumpridas são capazes de proporcionar grandes períodos de estresse. É comum enfrentar o famoso nervosismo nestes momentos, mas é preciso saber equilibrar. Conseguir manter o autocontrole e lidar com as emoções é um grande diferencial para o campo profissional.

O talento de manter o autocontrole atua em favor do colaborador, pois faz com que realce suas qualidades e habilidades. Devido à crise econômica e política do país, as empresas buscam e prezam colaboradores com inteligência emocional para administrar de maneira eficaz os acontecimentos de sua vida profissional e pessoal.

Ao controlar as próprias emoções, a pessoa consegue perceber o que está sentindo no momento e tem consciência do retorno que este comportamento pode trazer. É preciso fazer uma autorreflexão e entender quais circunstâncias precisam ser trabalhadas dentro de você. Um bom profissional é aquele que agrega qualidades profissionais e pessoais, sempre como objetivo de agir em prol da empresa e contribuir com o núcleo de trabalho.