Abertura de relacionamento em coaching

A abertura é, obviamente, crítica no relacionamento de coaching. Os coaches precisam reconhecer que ela é o fator mais difícil de obter na construção do relacionamento, mais ainda que a honestidade.

O coaching requer honestidade completa, mas apenas se apossa da abertura. Então, há julgamento a se fazer. Apossar-se significa que todas as informações que o coachee tem todos os pensamentos, ideias e crenças necessárias para progredir no assunto ficam disponíveis como partes da discussão. Outras coisas, no entanto, não precisam entrar nas sessões se não são necessárias ao progresso.

É provável que o coachee tenha pensamentos, ideias e crenças que nunca revelaria a ninguém, muito menos a um colega de trabalho, ou pode simplesmente ter prometido confidencialidade sobre um determinado assunto. Se surgir uma situação em que o coachee não pode se abrir, e isso for explícito, isto é, ele for honesto sobre isso, então temos um sinal de que o relacionamento é saudável. Talvez apenas precise achar outro coach – ou conselheiro – para aquele assunto em particular.

Transparência na sessão de coaching

Transparência significa que as intenções, no contexto do coaching, são completamente claras para a outra parte e, quase com certeza, de forma explícita. Transparência é uma forma rápida de construir a confiança num relacionamento.

Com o desenvolvimento do relacionamento em coaching, há normalmente menos necessidade de que a transparência esteja presente de forma explícita, pois os parceiros confiam nas boas intenções de cada um. Transparência, numa sessão de coaching, vinda do coach, toma uma forma similar a:

“Minha intenção ao lhe dar esse retorno é ampliar sua compreensão.”

“Eu realmente não entendi o que você disse. Pode repetir?”

“Preciso compreender melhor essa parte. Você pode falar mais sobre ela?”

“Sinto muito, acabei perdendo a concentração...”

“Gostaria que você tentasse este exercício de visualização. Acredito que isso vai ajudar a esclarecer o que você realmente quer.”

“Tenho uma sugestão para você. Você a quer?”

Modelo GROW

Em nome da transparência apresento, apresento novos clientes ao modelo GROW e ao espectro de estilos de coaching na primeira reunião, para que saibam o que estou fazendo na sessão. Para compreender melhor a importância da transparência, pense apenas no impacto que não compreender a intenção do coach pode ter no coachee. Dou a entender que ele acharia difícil confiar no coach, ser honesto e aberto. Não haveria coaching.



Esse texto possui informações extraídas do livro "Coaching Eficaz" de Myles Downey, editora CENGAGE Learning, 3ª edição, 2010.