Coaching para vestibular, como a metodologia de coaching pode apoiar os estudantes

A frustração é um sentimento natural em muito jovens que não foram aceitos nos vestibulares para ingresso na faculdade. O desânimo num primeiro momento pode ser algo absolutamente natural, afinal, muitos se dedicam durante muitos meses ou até mesmo anos para aquele teste. Mas todo mundo precisa aprender a conviver com o não e essa decepção tem que ser contornada o mais rapidamente possível.

Estabelecendo novas metas

Nessa fase é preciso haver uma autocontemplação, ou seja, uma reflexão profunda do estudante acerca de suas metas, pontos fortes e fracos, se necessário, traçar novos objetivos e não desanimar definitivamente. Essas situações devem trazer maturidade ao jovem para enfrentar novos desafios.

A recusa é o momento para desenvolver a inteligência emocional, para superar o estado de lamentação e pensar em novas estratégias a fim de chegar nos objetivos individuais. Isso só se consegue com foco e força de vontade.

Sabendo onde se quer chegar é possível domar a mente e colocá-la para trabalhar de maneira mais eficiente em favor do objetivo final.

Coaching para vestibular

Por se tratar de uma metodologia de desenvolvimento humano focada no estabelecimento de metas com prazo determinado, o coaching pode apoiar jovens que possuem como meta serem aprovados em determinada universidade. Para quem deseja se tornar um coach, o ideal é iniciar pela formação em life coaching.

Nichos de Coaching

Lembramos que o coaching é dividido em três nichos específicos:

Coaching de Vida – processo de coaching desenvolvido para ter uma melhor qualidade de vida, tanto para desenvolvimento pessoal quanto para planejamento de vida;

Coaching de Carreira – processo utilizado para o desenvolvimento para orientação de carreira profissional, encaminhando para novas oportunidades;

Coaching Executivo – processo de coaching desenvolvido para o alcance de metas e objetivos corporativos, alta performance de gestores e necessidades de negócios.