Inteligência emocional na resolução de conflitos

Liderar é uma tarefa complexa, que exige paciência, disciplina, humildade, respeito e compromisso.

O líder deve ter capacidade de utilizar sua inteligência emocional como uma habilidade aprimorada, conduzindo o grupo de forma a prever, antecipar e resolver os possíveis conflitos. Por isso é essencial utilizar a inteligência emocional como ferramenta de gestão.

Os benefícios de desenvolver a inteligência emocional

Ela possibilita melhor conhecimento da abordagem estrutural de problemas na empresa, como recursos limitados, rusgas pessoais, fofocas, provocações, entre outros. Quando esses elementos são modificados previamente, as percepções e o conflito resultante podem ser controlados e evitados.


Confira a palestra "A Mediação: Uma Nova Forma de Resolver Conflitos"apresentada pelo presidente do Instituto Vertus, Rubens Tilkian, durante a segunda edição do COEXP - Coaching Experience Day.


Conheça o Curso de Capacitação em Mediação e Resolução de Conflitos da SLAC® Coaching

A abordagem de processo

Existe também a abordagem de processo, onde o gestor procura reduzir os conflitos através da modificação do processo, isto é, de uma intervenção no episódio do conflito. Nesta resolução, o gestor conta com uma das partes conflitantes, ou com alguém de fora, como um consultor, ou um administrador neutro da própria organização, que por sua vez, utiliza sua inteligência emocional para ajudar a solucionar tais problemas.