O Facebook, já há alguns anos, têm se transformado num verdadeiro palanque para quem nunca teve voz. Com isso, muitas opiniões aparecem em nossa linha do tempo, sem serem convidadas. Por vezes, ofendendo-nos.

Muito embora seja desaconselhado por alguns, a expressão aberta nas redes é quase inevitável. Um país democrático que se preze não pode censurar nem permitir que outras pessoas censurem conteúdos nas redes sem motivo.

O problema não está em expor sua opinião, mas sim na forma como isso é feito. Por serem alimentadas de impulso, imediatismo, as redes sociais estão cheias de xingamentos e acusações levianas. Para lidar com isso de forma tranquila, é necessário desenvolver inteligência emocional.

A melhor forma de manter uma boa imagem é manter a educação, respeito e, acima de tudo, usar do humor. Isso não alimenta o ódio e ainda desarma aqueles prontos a rebaterem em tons pouco amistosos.

Como se posicionar

Não se posicionar já é um posicionamento. Ele mostra que você não é de conflitos, o que é bem visto nos setores de recrutamento. O que não é aconselhável é se alienar a respeito dos assuntos amplamente debatidos.

Se ainda ficou na dúvida, veja nossa matéria sobre como sua postura nas redes sociais pode influenciar sua aceitação no mercado de trabalho.

E você, como tem se posicionado nas redes sociais? Conte para gente nos comentários!