Escrito por Sulivan França - 01 de Novembro de 2019

Qual é o momento mais adequado para o seu desenvolvimento pessoal? Será que alguma vez você já parou para pensar nisso com atenção? Pois para que a gente saiba, efetivamente, qual é a hora certa para evoluir, é preciso refletir um pouco... 

Não sei qual é a sua opinião sobre esse assunto, mas, para mim, o instante ideal é a todo momento! E entendo que é natural do ser humano, até pela sua essência, esperar que algo aconteça para que ele se mova e parta em busca de um desenvolvimento específico. Afinal, o simples ato de tomar decisões para muitas pessoas é um grande desafio. 

No entanto, buscar o próprio crescimento, e fazer isso de uma forma bem sucedida, é necessário e faz parte das necessidades elementares de cada pessoa. Neste artigo vamos nos aprofundar nesse tema. Veremos como é possível a qualquer um se tornar uma pessoa cada vez melhor, alguém que busca se aprimorar todos os dias. 

Nesse contexto, o lado profissional é valioso, claro. Mas verificamos que o desenvolvimento pessoal é algo maior, que nasce da relação constante com outras pessoas, uma tarefa que se bem executada pode ajudar o indivíduo a conquistar mais qualidade de vida para si. 


Tempo distorcido

Sempre comento o seguinte: se você se sente insatisfeito com aquilo que faz, muitas vezes, essa contrariedade é percebida por aspectos muito simples. Vou dar um exemplo para facilitar o entendimento. Um primeiro aspecto interessante que te levará a perceber seu engajamento e motivação é a chamada distorção de tempo.

Imagine que você está envolvido em realizar uma atividade e acredita que pouco tempo se passou desde que a iniciou. Por exemplo, começou a fazê-la 8h da manhã e pensa assim: "nossa, passou pouco tempo". Mas daí, ao olhar para o relógio, você verifica que já são 14h e que até esqueceu de almoçar. 

Sabe o que isso significa? Que você está totalmente envolvido com aquilo que está fazendo, que sente prazer e se entrega efetivamente àquela determinada atividade. E isso mostra que você não está somente engajado, mas como aquela situação o satisfaz, o preenche e o completa. 

Isso faz com que você acabe tendo uma motivação e engajamento extras para lidar com aquela tarefa.

Agora, imagine uma situação oposta, ou seja, você tem uma determinada situação em que começa uma atividade 8h e, de repente, pensa assim: "preciso ir almoçar, pois já está tarde", mas olha no relógio e não são nem 9h. Nessa situação, você também tem uma distorção de tempo, mas no aspecto negativo. 

Significa que aquela situação em que você está envolvido é muito custosa. Existe certo desgaste. Por mais que tenha feito poucas coisas, você se sente extremamente exausto. É como se a tarefa sugasse a sua energia.

Neste momento você deve olhar e repensar tudo aquilo que acontece no seu dia a dia, o que está acontecendo no contexto profissional e pessoal, para analisar se não é o momento específico de buscar um desenvolvimento diferenciado. Está na hora de buscar um novo caminho, pois aquele que está trilhando não te deixa pleno e sereno, não é motivador e faz com que não se sinta engajado, mas, sim, satisfeito com aquilo que desempenha.


4 Dicas Para Se Desenvolver

Se você se viu em uma situação que precisava de mais motivação e engajamento na sua vida, seja em aspectos pessoais ou profissionais, vou te indicar quatro importantíssimas dicas para dar um impulso e melhorar essa questão. 


DICA 1 - O que você quer?

Pode parecer óbvio, mas muita gente ainda não sabe exatamente o que deseja na vida. Não sabe, por exemplo, se precisa conhecer novos ambientes, novas amizades, novas relações, novo emprego, etc.

Tire um tempo do seu dia e reflita profundamente no que almeja. Essa reflexão não pode ser somente nas suas questões pessoais, precisa também ser nas profissionais. 


DICA 2 - O que você pode fazer?

Agora que já refletiu sobre o que você deseja na sua vida, chegou a hora de pensar mais e encontrar formas de entender o que pode ser feito.

Seja um curso de desenvolvimento pessoal e profissional, até mesmo uma nova faculdade ou um MBA, se o seu "problema" maior for o seu lado profissional. Este é aquele momento que precisa dedicar tempo e, assim, entender o que fazer para ser feliz, independente do que significa felicidade para você.  


DICA 3 - Quando você pode fazer?

Agora você está naquele ponto crucial que já sabe o que quer da sua vida e também definiu o que pode fazer. 

A pergunta é: quando você pode dar o pontapé inicial e partir para a ação?

Faça um planejamento com dia e hora para essas ações. É essencial colocar tudo no papel, de forma que assemelha-se a um calendário. 

É muito simples! Você pode imprimir e preencher conforme sua necessidade.


DICA 4 - Foque sempre na solução!

Quantas vezes você planejou algo, começou a seguir direito o seu planejamento e, de repente, surgiu um obstáculo no caminho?

A cada 10 pessoas, 9 desistem dos seus sonhos e metas porque focaram só no problema e se esqueceram de que para tudo existe uma solução?

Alarmante, não é? No entanto, eu acredito que se essas que desistiram tivessem algo tão incrível em mãos, que as fizessem persistir no caminho, com certeza esse número seria zerado facilmente. 

Focar na solução significa, acima de tudo, saber exatamente onde você quer chegar, o famoso estado desejado! Se você sabe o que deseja conquistar, sempre existirá uma forma para conseguir. 

O mais incrível de tudo isso é que o foco na solução pode ser trabalhado com técnicas sérias e efetivas de Coaching, que fará com que você não dê chance para a procrastinação e as famosas reclamações.  

É importante você persistir e, principalmente, não desistir do que realmente deseja. 

Como foi dito, é natural que as pessoas esperem que algo aconteça para, assim, caminharem no sentido da busca por um desenvolvimento específico.


Como conseguir motivação?

Mas para quem não quer apenas ficar esperando, o escritor Paul Brown dá dicas de como buscar motivação. As lições estão no artigo How the Most Successful People Motivate Themselves (And Stay Motivated) (Como as pessoas mais bem-sucedidas se motivam - e se mantêm motivadas, numa tradução livre do inglês), feito para o site da Forbes. 

Segundo Brown, quem deseja começar algo deve, primeiro, identificar:

- algo que quer e;

- algo que pode fazer sobre isso com os meios disponíveis. 

Segundo Brown, após essa primeira tarefa, há quatro explicações para o motivo de a pessoa não estar conseguindo avançar em direção ao seu objetivo:

Por hábito;

Por não ter os meios à mão;

Porque o custo percebido é muito alto;

Porque a pessoa está mentindo para si mesmo sobre o que deseja.

Segundo Brown, a maioria das pessoas não age em direção ao que deseja porque percebem que há um custo que consideram alto. Diante disso, Brown afirma que a solução passa por reduzir o custo e o risco para níveis aceitáveis, para que a pessoa possa começar a se mexer. Algo que pode ser feito com ajuda. 

Brown sugere que o indivíduo que busca motivação converse com um amigo sobre o desafio a ser enfrentado. Juntos, eles podem elaborar uma lista de possibilidades, sendo o mais específico possível. Vamos supor que a pessoa busca um novo trabalho. Nesse caso, ela identificaria: 

- o que deseja fazer; 

- se faz sentido fazê-lo por conta própria, ou seja, iniciar uma empresa

- ou trabalhar para outra pessoa, etc.

Descobrir isso pode levar algumas conversas com o amigo, mas Brown afirma que não se deve esperar até o final de todas as conversas para que a pessoa se mexa. Por exemplo, se no final da primeira conversa o indivíduo decidiu que seu próximo trabalho será com outra empresa, ele deve começar a compilar lugares em potencial para entrar em contato e, talvez, até conversar com quem tenha o tipo de trabalho que ele quer.

Numa próxima reunião, ele e o amigo podem elaborar uma lista completa dos locais que podem contratá-lo, bem como com quem entrar em contato com essas empresas. Outro ponto importante é definir um prazo, após as conversas, para informar o amigo sobre os avanços. O simples ato de explicar ao amigo o que fez e o que não fez e todas as razões para isso, por si só já é uma forma de motivar a pessoa a agir.


Coaching e o processo de desenvolvimento

Fundamental para potencializar as habilidades natas de uma pessoa, além de desenvolver outras, o Coaching melhora o desempenho pessoal e profissional.

As técnicas são voltadas para o indivíduo e seu universo interior, com metodologias capazes de fazer a pessoa alcançar suas realizações, obter equilíbrio nas questões pessoais e profissionais e conseguir atingir as metas.

Compreendem um trabalho direcionado aos padrões emocionais e comportamentais do indivíduo, que de alguma forma o tenham "sabotado", ou seja, foram impeditivos para ele alcançar seus objetivos.

Durante as sessões, o coach conduz uma série de perguntas e discussões que ajudam a pessoa a identificar, quais são esses problemas que impedem seu desenvolvimento pessoal, e, a partir de então, trabalha esses bloqueios, melhorando os pontos fracos e desenvolvendo aptidões.

Para isso, o coach desenvolve fortes laços de confiança para que o cliente se sinta à vontade para expor aspectos da sua vida e personalidade. Afinal, o profissional é treinado para saber fazer as perguntas corretas e, a partir daí, identificar os problemas e fazer seu trabalho.

O cliente se torna capaz de modificar comportamentos e tendências indesejadas, enfrentar e resolver problemas emocionais, financeiros e de relacionamento.


O objetivo do Coaching

No mundo profissional, o maior desafio é administrar as relações interpessoais, sendo esta uma habilidade necessária para superar crises e atuar num contexto seguro, que permita à pessoa avaliar as situações que a levaram aos momentos de crise e não repeti-las.

O processo de Coaching é vital para a pessoa reavaliar seus objetivos profissionais de curto e longo prazo e traçar um plano estratégico com ações detalhadas. O indivíduo pode fazer uma leitura das suas preocupações, pressões do dia a dia, responsabilidades com a equipe e se preparar para os desafios.


Conclusão

Você parou para pensar se agora é a hora certa para o seu desenvolvimento? Compartilhe comigo, nos comentários logo abaixo, se chegou o seu momento de transição e transformação, o que você deseja fazer e como fará. 


Dicas de leitura para você:

Coaching de Vida: Apoio Para Conquistar Metas e Objetivos

5 Dicas Para Mudar de Carreira

3 Dicas Para um Planejamento Eficaz

E-book Comportamento

E-BOOK GRATUITO

Descubra como transformar sonhos em realidade utilizando a metodologia coaching na sua vida!