O que é business coaching?

O business coaching é uma modalidade de coaching que busca aumentar o desempenho e proporcionar impactos positivos para resultados das empresas e organizações no curto e médio prazo.

Veja neste artigo o que é business coaching, como ele funciona e de que forma a aplicação dessa técnica pode ajudar você.

Business Coaching - Uma visão entre coach e consultor

A atuação de consultores de empresas em muitas organizações já é uma prática que acontece há muito tempo. Frequentemente, empresas contratam consultores para propor soluções, seja para negócios que não estão indo bem ou até mesmo para potencializar alguns que acreditam que podem melhorar.

Já os profissionais que trabalham com coaching de negócios são relativamente novos. As duas profissões têm abordagens muito diferentes. Consultores de empresas são solucionadores de problemas. Sua mensagem subjacente é: "Eu sou mais esperto que você” ou “Eu vou lhe dizer o que há de errado com o seu negócio e como corrigi-lo".

Os coaches de negócio são os desenvolvedores de pessoas. Eles não dizem aos seus clientes o que fazer, eles fazem perguntas.
Sua mensagem é: "Você é inteligente. Serei um instrumento para ajudá-lo a olhar para dentro de si mesmo, então você pode não só resolver esse problema, mas também aumentar a sua capacidade de gerenciar com sucesso todas as áreas da sua vida".

Os consultores de empresas normalmente trabalham com foco em maximizar a rentabilidade da organização. Já os coaches de negócio normalmente trabalham com foco na maximização do potencial humano que, por consequência, reflete de forma significativa na maximização da rentabilidade e dos resultados das organizações em todos os âmbitos.

Os consultores de empresas ajudam seus clientes a obterem sucesso em seus trabalhos. Já os coaches de negócio ajudam seus clientes a obterem sucesso em suas vidas.Os consultores de empresas ajudam seus clientes a pescar, para que eles possam comer uma refeição. Os coaches de negócio ajudam os seus clientes a aprender a pescar, assim, eles nunca passarão fome.

Quando começa o processo de business coaching?

As pessoas normalmente chegam até um coach de negócio com as seguintes demandas: inspiração e/ou desespero.Inspiradas, as pessoas querem um coach de negócio para ajudá-las a fazer melhor. Desesperadas, as pessoas muitas vezes querem um coach de negócios para ajudar a tirá-las de um atolamento.

O ponto de partida em business coaching é geralmente uma questão de negócios. O cliente pode querer aumentar as vendas, promover um melhor trabalho em equipe, melhorar a produtividade, reduzir a rotatividade de funcionários ou melhorar a qualidade. Mas o relacionamento de coaching, uma vez iniciado, invariavelmente, vai além da necessidade inicial percebida ou apontada.

"Corrigir os meus negócios" gradualmente e naturalmente evolui para "corrigir-me".Um cliente potencial para uma falência empresarial pode, por exemplo, descobrir através do coaching que ele tem um problema com a procrastinação, ou com habilidades interpessoais, ou com medo do fracasso. Às vezes, os clientes percebem que seus interesses e habilidades não correspondem com as exigências de suas posições empresariais atuais, e eles muitas vezes decidem fazer uma mudança de carreira.

A importância do Coach de Negócios

Por que os líderes empresariais têm ou precisam ter um coach de negócio? Porque simplesmente não têm amigos e colegas de profissão para conversar, por, normalmente, serem pessoas solitárias em suas decisões. E bons coaches podem encorajar seus clientes a aprofundar essas relações e construir um sistema de apoio confiável e sustentável. Mas em todos os sistemas de apoio e alternativas precisamos considerar pontos fortes e fracos.

Nos negócios, quem é solitário com os principais gestores? Os gestores não podem ser vulneráveis com seus patrões ou com os seus subordinados sobre as questões mais sensíveis e estratégicas da organização.

Amigos vão ouvir e dar ajuda quando puderem, mas não são treinados para identificar as questões mais significativas, sensíveis e estratégicas por trás do comportamento de cada gestor. E quando eles têm necessidades próprias, que querem receber ajuda, não dá ou não é possível naquele momento especifico?Os cônjuges podem ser bons ouvintes, mas é problemático trazer assessoria empresarial em profundidade no meio de um casamento, e isso com frequência acontece. Na grande maioria dos casos, o final nós já sabemos. Além de uma dissolução empresarial, muitas vezes a consequência também é uma dissolução matrimonial.

Efeitos do Business Coaching

A grande demanda e a aceitação ao business coaching acontecem porque ele preenche uma necessidade real. A profissão está crescendo rapidamente e ganhando reconhecimento. Isso porque o processo produz resultados excepcionais e mensuráveis. Os coaches de negócio bem sucedidos constroem suas práticas quase inteiramente através de referências, de cases que vão colecionando ao logo de suas carreiras.

A relação entre coach e cliente é projetada para acontecer a longo prazo, porque ninguém atinge o objetivo de maximizar o potencial pleno. Mas, depois de 12 a 18 meses, dois fatores podem levar alguns clientes para começar a pensar em mudar a frequência de seu relacionamento de coaching.

Os clientes que tiveram um crescimento significativo podem querer começar a funcionar de forma mais independente. Neste caso, eles podem propor ao seu coach reduzir a frequência de suas sessões, ou até agendar sessões futuras, de forma que estas atendam a questões pontuais, a necessidades específicas que muitas vezes podemos chamar de “Coaching Express”.

Outros clientes podem querer começar um relacionamento de coaching com um novo coach, para que possam expandir as suas capacidades através do contato com alguém que tenha habilidades e experiências diferentes. E adquirir experiências diferentes pode ou não ser uma meta estipulada dentro da própria sessão de coaching. Os coaches devem ter o entendimento que seus clientes devem e podem ser e desenvolver o melhor que puderem.

O ciúme, a competitividade e a possessividade não têm lugar em uma relação de coaching. É por isso que, para ser um coach de sucesso, muitas vezes é eficaz e prazeroso submeter os seus clientes para outros coaches. E, quando o coach sabe da qualidade de seu trabalho, isso ao invés de gerar “perdas” gera “ganhos”, torna-se um passo positivo no crescimento do coach.

Na verdade, a experiência mostra que os coachees são a principal fonte de referências para um coach. Quando os clientes passam para a próxima fase de seu desenvolvimento, os coaches naturalmente podem ter uma sensação de perda. Mas esta sensação deve ser ofuscada pela alegria e satisfação de ter sido parte do processo de crescimento e realização do cliente. Assim, o coach tende a se sentir como um pai orgulhoso, como se estivesse vendo uma criança ir para a faculdade ou se casar.