Benefícios do Coaching para Gestores

Os gestores precisam ter habilidade de inspirar pessoas a desenvolverem todo o potencial no trabalho. Eles devem entender os funcionários, como eles pensam e suas expectativas em relação à empresa. Nesse sentido, o coaching possui uma ampla variedade de ferramentas para dar suporte aos gestores nas empresas, o que pode gerar diversos benefícios.

Técnica de Perfil Comportamental

A técnica de perfil comportamental é uma delas, considerada uma maneira de decifrar ou decodificar os comportamentos das pessoas.

De acordo com as premissas dessa técnica, cada pessoa possui diferentes maneiras de agir e se comportar diante de determinadas situações, sendo fundamental que os demais respeitem sua individualidade.

Sob a ótica empresarial, o perfil comportamental é amplamente utilizado em processos de contratação e desenvolvimento de funcionários, por contribuir com a análise das reações do indivíduo no local de trabalho. Para a utilização dessa técnica, existem testes e relatórios que apoiam o gestor e o profissional de RH na decodificação das informações.

De acordo com os especialistas na aplicação dessa ferramenta, existem quatro tipos de perfil comportamental.

Perfil Executor

O primeiro é o executor, pessoa dominante e que também pode ser autoritária. Os indivíduos com esse perfil se dão bem com dificuldades, desafios e possuem extremo senso de competitividade e coragem, além de estarem sempre dispostas para defender suas ideias.

Perfil Comunicador

Depois, vem o perfil comunicador, de pessoas carismáticas e com poder de persuasão. Elas estão sempre entusiasmadas com projetos e inovações, muitas vezes sendo consideradas de fácil relacionamento e excessivamente otimistas.

Perfil Planejador

O terceiro perfil é o planejador, relativo à pessoa estável, com ritmo constante e elevado grau de conservadorismo. Quem tem esse perfil dificilmente fica em pânico, mas tem pouca capacidade de lidar com imprevistos. Contudo, é muito dedicada a ajudar os outros.

Perfil Detalhista

O quarto perfil é do indivídio detalhista, meticuloso e preocupado com as coisas. Pessoa organizada, conservadora e responsável, possuindo boa habilidade para o controle de processos e rotinas do cotidiano corporativo.

Veja também: O Processo de Recrutamento e Seleção

Ferramenta para Análise de Perfil Comportamental (DiSC)

Uma ótima ferramenta para o gestor avaliar o perfil comportamental dos funcionários é o DiSC, baseado em características como (D) Dominância; (I) Influência; (S) Estabilidade; (C) Conformidade. Dessa forma, é possível identificar pontos fracos de fortes de um indivíduo e diagnosticar o que pode ser aperfeiçoado.

Outro benefício relevante do coaching para gestores é a melhoria da habilidade de administrar feedbacks, momento considerado delicado entre gestores e membros de equipe.

Nesses momentos, os funcionários pensam em que resposta dar, se terão seus esforços reconhecidos, se os gestores irão apontar apenas falhas. Algumas pessoas ficam inconformadas com o que escutam, outras pensam que serão despedidas, embora sempre haja um ou outro colaborador confiante achando que chegará à reunião para ser promovido.

Para o gestor, esse momento também é difícil, muitos chegam a procrastiná-lo. Mas nas técnicas de coaching, esse é um momento para se alinhar expectativas, estabelecer planos de melhoria, traçar objetivos e buscar os melhores resultados para a coletividade.

Por isso, os gestores precisam se preparar para administrar feedbacks aos integrantes de sua equipe, mantendo uma planilha onde vá marcando ao longo do dia os pontos fundamentais que devem ser mencionados durante a reunião.

Antes de se encontrar com o colaboradores, basta revisar essa planilha e acrescentar o que achar necessário.O gestor deve quebrar o gelo no início da conversa, criando rapport com o colaborador, perguntando sobre a família, cursos, enfim, deixando o clima mais favorável.

Pode passar um pequeno briefing do que será conversado, para o colaborador perceber que se trata de uma conversa franca sobre o que deve ser melhorado e como planejar melhor a evolução dele dentro da empresa.

Ao iniciar o feedback, o gestor deve destacar os pontos fortes da pessoa e seu desempenho, mas em seguida precisa apontar as falhas e erros cometidos que levaram à necessidade do feedback, de forma detalhada e respeitosa. Em seguida, deve solicitar um posicionamento do colaborar sobre o assunto e como ele está disposto a se empenhar para reverter o quadro.