As crenças limitantes de um ser humano são resultados de interpretações negativas das experiências vividas no passado.

Ao longo de sua vida, desde os primeiros anos, as pessoas são influenciadas positiva e negativamente pelos indivíduos a sua volta, como também pelas situações que ocorrem no dia a dia. Deste modo, as pessoas formam os modelos mentais e percepções do mundo que nem sempre correspondem à realidade.

No momento que nos identificamos com uma situação ou modelo, nossas decisões sofrem influências daquele padrão, impedindo a mudança de paradigmas.

Por mais que achamos que presenciamos a realidades, ela é constituída através do nosso sistema de crenças e valores. A realidade em si é percebida através das informações que obtivemos durante nossa trajetória.

Leia também: Tony Robbins, uma referência em PNL

Como nascem as crenças limitantes

Dessa forma, nascem as crenças limitantes, ou seja, quanto mais o indivíduo é submetido a experiências ruins, mais acumula uma imagem mental negativa sobre ele próprio e sobre as demais pessoas.

Na infância, por exemplo, se um pai diz a seu filho que ele é fraco e incapaz ou o compara com um irmão mais forte, muito provavelmente esta atitude sabotará sua autoestima e o deixará mais inseguro em suas ações.

E isso, ao longo da infância, acaba sendo determinante para a formação da criança e da visão que ela terá de si mesma, uma vez que neste período, os pais são suas principais referências e suas palavras e ações têm um peso muito grande.

Leia também: Livros de Tony Robbins que você deveria ler

Crenças limitantes e PNL

Para a programação neurolinguística (PNL) é fundamental que o indivíduo saiba o que quer e ter certeza de que isso vale a pena. Dessa maneira terá satisfação quando alcançar suas metas.

Mas para desenvolvê-la, algumas perguntas podem ser formuladas, como saber o que se quer, se pensa imediatamente em várias metas e se elas se assemelham entre si.

Portanto, a partir do momento que o indivíduo tem conhecimento de suas crenças limitantes, com o auxílio da PNL, certamente conseguirá atingir os resultados positivos desejados, quebrando as barreiras impostas a ele anteriormente. Pois o estudo da PNL dá ao indivíduo o poder sobre seus pensamentos e ações.