MENTORING, COACHING E COMO TER DESENVOLVIMENTO PESSOAL

Qualquer pessoa, em alguma época da vida, pode entrar em um ciclo frustrante onde, mesmo com boa vontade e foco, as coisas parecem ficar estagnadas e nenhuma ação parece ser bem-sucedida. Em momentos como esse, há métodos e ferramentas de desenvolvimento profissional realmente capazes de ajudar o indivíduo a tomar decisões, se manter motivado e alcançar suas metas e seus objetivos, como é o caso do Coaching e o mentoring.

Cada um desses métodos se apresenta como uma valiosa técnica, capaz de auxiliar as pessoas no dia a dia, e lhes garantir mais qualidade de vida. Por isso é muito importante que quem procura o Coaching ou o mentoring compreenda as diferenças entre os dois métodos e saiba que se desenvolver é essencial para qualquer evolução almejada. 

A principal dúvida na hora de escolher por qual caminho seguir é entender o que cada um deles pode fazer por você e, principalmente, quais são as diferenças entre um processo de Coaching e o de mentoring para quem busca desenvolvimento pessoal e profissional. 

Neste artigo vamos esclarecer as dúvidas mais comuns de quem se depara com os dois conceitos. Há dicas para quem já é um profissional com carreira consolidada ou alguém menos experiente, assim como para quem precisa atuar na gestão de pessoas, por exemplo. 

Vamos começar pelo Coaching. Nele, o processo consiste essencialmente em uma conversa, um diálogo que envolve o coachee (cliente) e o coach (treinador), num contexto produtivo e orientado a resultados. 

O processo é conduzido por meio de sessões que, podem ser semanais, quinzenais ou mensais, em que o coach apresenta tarefas definidas em parceria com seu cliente, para que este aja no sentido de alcançar as metas definidas, dentro do prazo determinado.

Dessa forma, trata-se de um processo que se baseia no desenvolvimento de competências e habilidades para o alcance de resultados planejados, e que para serem alcançados com êxito necessitam de: empenho, foco e ações efetivas por parte do cliente. Para se tornar uma pessoa melhor, é necessário que o coachee entenda que muitas vezes seu sucesso não depende de fatores externos. Cada pessoa pode fazer sua trilha para um estado desejado todos os dias. 

Isso faz parte da chamada autoconsciência e, portanto, não depende de outras pessoas. É impessoal e intransferível. Cada vez mais, o profissional é chamado a assumir as rédeas de sua vida e carreira. Lidar com outras pessoas é sempre um desafio, mas olhar para si muitas vezes é ainda mais difícil. 

Com toda a certeza, o Coaching pode se apresentar como uma alavanca poderosa para o desenvolvimento pessoal e profissional de qualquer indivíduo, por ser capaz de auxiliá-lo a ampliar sua autoconsciência e autoconhecimento, o que resulta em alta performance em todas as áreas. Além disso, comprovadamente o Coaching é uma excelente metodologia para que você verifique quais são seus pontos fortes, o que ainda pode auxiliar em ganhos na sua vida pessoal, com reflexos que podem durar para sempre.


Mentoring

Agora que ficou claro o que é Coaching e como o processo funciona, vamos falar de mentoring. Afinal, o que é isso? Como mencionamos, enquanto o coach está focado na melhora do desempenho de metas pessoais, independente da experiência e dos atributos daquele que é orientado, o mentoring está focado na formação de um colaborador a partir dos conceitos defendidos pela empresa na qual ele atua.

Por isso, em geral, o mentoring envolve um profissional da mesma empresa, com mais experiência e vivência, que tem como objetivo compartilhar seus conhecimentos com o próximo.

Embora também possam ter um viés mais pessoal, esses ensinamentos serão focados na vida profissional de quem recebe o processo de mentoria, apoiando nas principais dificuldades e barreiras que possam vir a atrapalhar o seu sucesso dentro da empresa.


Como ter um mentor?

Em um artigo publicado no site da revista Forbes, intitulado "9 Tips To Land A Great Mentor: How To Ask A Stranger For Career Advice" (9 dicas para conseguir um grande mentor: Como pedir a um estranho conselhos de carreira, em uma tradução livre do inglês), a palestrante e coach executiva Sabina Nawaz descreve como alguém pode agir caso queira buscar uma mentoria.  Trata-se de dicas simples, mas que podem fazer a diferença.

Segundo Sabina, após identificar um mentor em potencial, há maneiras de fazer a "pergunta",  o que pode lhe garantir uma melhor chance de conseguir a ajuda. Ainda de acordo com a coach ao seguir as nove etapas para solicitar orientação de um mentor, é possível fazê-lo dizer sim e, dessa forma, construir um relacionamento duradouro e que seja satisfatório para ambos.

Autora afirma, por fim, que a mentoria acontece todos os dias no mundo dos negócios. Às vezes, as pessoas têm a sorte de obter orientação espontânea. Mas, principalmente, é preciso pedir para receber. Ao solicitar ajuda a um mentor em potencial, abordar essa pessoa com intenção, inteligência e gratidão faz toda a diferença entre um "não" e um "sim".


QUAL A DIFERENÇA ENTRE ELES?

A principal diferença é que em um processo de Coaching, o profissional não diz ao seu cliente o que fazer, e não precisa ser necessariamente mais velho ou ter mais experiências que esse cliente. Seu objetivo é apoiá-lo a fazer reflexões, ter novos insights sobre sua vida e carreira, por meio de metodologias, técnicas e ferramentas do Coaching, que primam pelo autoconhecimento e pela evolução contínua para ter maior compreensão de quem ele é.

Já no mentoring, um profissional mais experiente assume a missão de passar conhecimento a um jovem talento e, como um mentor, o ajuda em questões ligadas à sua carreira e de modo geral, em questões de cunho pessoal.

Outra diferença importante é que durante um processo de mentoring não existe necessariamente um tempo determinado para que ele termine. Já no Coaching, esse número é definido no primeiro encontro, sendo que o período de três a seis meses de duração é considerado como uma média necessária para quem procura esse tipo de abordagem.

Conclusão 

Falamos neste artigo sobre as diferenças entre mentoring e coaching, atividades que podem funcionar muito bem como estímulos para o desenvolvimento.

E para dar sequência nesse processo de evolução e maximizar a performance do time de trabalho, você pode recorrer com segurança ao Coaching.

Visite o site da SLAC® para conhecer nossas formações e encontrar aquela que melhor atende aos seus objetivos.

Se preferir, faça contato conosco.

Contato / Te ligamos

De segunda a sexta
9:00 - 18:00

0800 885 5604

info@slacoaching.org

Av. Marquês de São Vicente
576 - SP

Sociedade Latino Americana de Coaching

0800 885 5604
info@slacoaching.org

brasil
São Paulo - Brasil
Centro de Treinamento
Av. Francisco Matarazzo, 1.350
Água Branca - Cep: 05001-100
brasil
São Paulo - Brasil
Sede Administrativa
Av. Marquês de São Vicente, 576 - 17° andar
Barra Funda - CEP: 01139-002
CNPJ: 15.229.739/0001-47
chile
Santiago - Chile
Oficina
Suecia 42, Oficina 02
Teléfono: +56 2 2632 5042
peru
Lima - Peru
Oficina
Plaza Ricardo Palma 107 - San Borja
Teléfono: +51 980 037 494
colombia
Cartagena - Colômbia
Oficina
Cr 3 6A Esq. Ed. Jasban 407 - B/Grande
Teléfono: +57 5 655 03 01
bolivia
Cochabamba - Bolívia
Oficina
Av. Antezana #847 - Torre Empresarial Atlanta Piso 7, Of. 7-5
Teléfono: +591 (4) 430 2961

Conteúdo Registrado ®
Todos os Direitos Reservados
Cópia Proibida.

Preencha o formulário, que entraremos em contato na data escolhida!

Olá! Gostaria de receber uma consultoria nos próximos minutos?