5 filmes indicados para quem está no processo de coaching

Entender, e confiar, em um coach não é aquela tarefa das mais fáceis. Afinal, quando você inicia o processo de coaching, a última coisa que vai encontrar é uma resposta pronta para o seu problema, seja ele na sua carreira ou na vida pessoal. O coach não dá a resposta, mas faz com que o cliente pense no que está fazendo, apoiando-o à reflexão com perguntas.

Nesse processo existem algumas etapas que podem ser mais complexas, sendo assim o coach acaba recorrendo a filmes, por serem poderosas ferramentas de motivação. Seja qual for o gênero, eles podem contribuir significativamente com nosso crescimento, desenvolvimento e aprendizagem por meio das valiosas lições de vida e carreira que transmitem.

Não existe exatamente um gênero de filmes de coaching, mas quando falamos sobre isso, qual tipo de filme você imagina? Seguem algumas dicas: 

Coach Carter – Treino para a Vida


Coach Carter (Samuel L. Jackson) vai trabalhar como técnico do time basquete do colégio de sua adolescência. Mas quando chega por lá percebe que as coisas estão bem diferentes do que ele lembrava e o time tem uma performance sofrível.

Para mudar o comportamento dos seus jogadores, ele cria novas regras que vão melhor a performance esportiva e também a vida de seus jogadores. Nesse processo, ele consegue, respeitando as qualidades e deficiências de sua equipe, tirar o melhor de cada um de seus garotos.

Karatê Kid

Daniel (Ralph Macchio) é jovem que acaba de se mudar para uma nova cidade e que começar a aprender karatê com Sr. Miyagi, (Pat Morita) para se defender. O Sr. Miyagi é o perfeito mentor da jornada do herói, ajudando Daniel San a enxergar seus problemas e frustrações por uma outra perspectiva e a tomar decisões mais conscientes e assertivas, mas sem nunca dizer o que ele deve ou não fazer.

Invictus

No filme, Morgan Freeman interpreta Nelson Mandela, o recém-eleito presidente da África do Sul. Na tentativa de diminuir a segregação racial no país, Mandela tenta unir sua nação fragmentada através do esporte apoiado na Copa do Mundo de Rúgbi que seria realizada pela primeira em seu país. Para isso, ele se reúne com François Pienaar (Matt Damon) que é o capitão da equipe da África do Sul e o instiga para que seleção seja campeã.

Com auxílio de Mandela, François passa a evoluir seu jeito de liderar e consegue levar sua equipe a um novo patamar. Além disso, com seu modelo único de liderança, o carismático Mandela conseguiu unir uma nação e deixar importantes ensinamentos que podemos agregar à nossa maneira de agir no dia a dia.

À Procura da Felicidade

Baseado em fatos reais, o filme nos apresenta a Chris Gardner (Will Smith), um pai de família que enfrenta sérios problemas financeiros. Apesar de todas as tentativas em manter a família unida, Linda (Thandie Newton), sua esposa, decide partir. Chris agora é pai solteiro e precisa cuidar de Christopher (Jaden Smith), seu filho de apenas 5 anos. Ele tenta usar sua habilidade como vendedor para conseguir um emprego melhor, que lhe dê um salário mais digno.

Entre lagrimas e sorrisos do público, o filme mostra uma importante mensagem sobre sonho, vontade, determinação, coragem e esperança. Gardner é a definição perfeita de um profissional versátil e criativo que consegue se reinventar a todo momento para alcançar suas metas.

Homens de Honra

No filme, conhecemos Carl Brashear (Cuba Gooding Jr.) um jovem que veio de uma humilde família negra, que vivia em uma área rural em Sonora, Kentucky.

Ainda garoto, no início dos anos 40, já adorava mergulhar, sendo que quando jovem se alistou na Marinha esperando se tornar um mergulhador. Apesar do preconceito e da discriminação ele não desiste do sonho de ser mergulhador, mesmo após sofrer um acidente a bordo do navio que muda totalmente a sua vida.

Durante a história, Carl precisa se mostrar sempre um passo à frente de seus competidores e sua luta para alcançar seu sonho, apesar de todas as dificuldades raciais e físicas, é uma das mais encantadoras da história do cinema. Uma importante mensagem é passada pelo personagem principal que nunca desisti e nem perde o foco e, assim, consegue desenvolver suas competências ao máximo e atingir o seu objetivo.

A importância de um filme nesse momento é fazer o coachee acreditar em si mesmo e em seu potencial, ultrapassando seus próprios limites e conseguindo alcançar suas metas.Um passo complicado na jornada do coaching, ou mesmo na vida, pode ser absorvido mais facilmente após ver um filme com as características certas e capaz de chamar a atenção do espectador.

Pode ser um bom roteiro, a presença de um ator ou de uma atriz talentosa, talvez os efeitos especiais utilizados, mas se ele consegue se envolver com a história a mensagem é facilmente assimilada. E para você, quantas lições o cinema já proporcionou na sua vida? Conte-me nos comentários!