Administrar e liderar: qual é diferença?

As pessoas, principalmente no âmbito profissional, confundem muito liderar e administrar. Essas são duas ações bastante diferentes, pois, a grosso modo, liderar é fazer as coisas certas para a organização e para seus liderados, enquanto administrar é fazer as coisas do jeito certo para a organização e nem sempre pensando ou se preocupando com o que é melhor para seus funcionários.

O que faz um bom líder?

Na maioria das empresas e instituições que não estão crescendo e se desenvolvendo como deveriam existe muita administração ou gerência, mas pouca liderança, pois o principal objetivo de um bom líder é entender seus liderados e colocá-los nas posições certas para que dessa forma venham a gerar resultados positivos.

Administrar uma empresa é uma ciência inexata, que se consiste em conciliar uma série de aspectos, como planejamento estratégico, marketing, sustentabilidade, organização, preservação e criação de hábitos saudáveis e muitos outros fatores e aspectos.

A importância de um bom administrador

É muito importante que a organização venha a ter sempre um bom administrador e que este saiba cuidar de recursos tecnológicos, físicos e financeiros, lidando de maneira eficiente com processos e materiais.

Muitas vezes, porém, os recursos humanos são deixados de lado e as alegações são várias: falta de tempo, dificuldades para resolver conflitos de interesse, crença de que os próprios colaboradores devem gerir a si mesmos, sem a interferência externa ou qualquer motivação para além do salário, entre outras alegações.

Esta última parte não faz parte do cotidiano do líder, que não é somente um chefe, mas sim alguém que tenha habilidades e o perfil correto para mobilizar e inspirar as equipes, fazendo com que sigam suas ideias e metas com base nos valores, visão e missão da empresa, mas também levando em conta os objetivos individuais de cada profissional.