A nossa rotina é repleta de compromissos e agitação! Cada vez mais ficamos impossibilitados de olhar para nós mesmos e refletir sobre o que estamos fazendo para sairmos da zona de conforto.
Não é raro que a nossa atitude nesses momentos seja criticar e responsabilizar outras pessoas ou situações vividas, encontrando assim, culpados e justificativas pelo que não realizamos. É muito mais confortável permanecermos nas situações em que estamos habituados.
O que quero enaltecer com este texto (e também alertar!) é que ficar à espera de mudanças ou fatores externos para transformarmos aquilo que nos incomoda não é o caminho mais eficaz para atingirmos os nossos sonhos e objetivos.
Parafraseando o velho ditado "Como esperar um resultado diferente repetindo a mesma ação?", se é mudança que queremos, seja ela de vida, de emprego, de cidade ou de atitude?
Em muitos momentos, agir de forma automática é a maneira mais confortável de responder as questões do dia a dia, porém, se você está percebendo que alcançou muitos objetivos atuando desta forma, mas não está mais obtendo resultados positivos, muito provavelmente deve-se ao fato de que o que funcionou anteriormente não funciona mais.
Com isso, o que te impede de fazer diferente? Fazer diferente significa abandonarmos a nossa atual zona de conforto e buscarmos o que almejamos!
O processo de coaching é muito ativo, no que diz respeito a instigar o coachee a sair da sua zona de conforto, indicado principalmente para aquele cliente que já buscou inúmeras formas o “fazer diferente”, mas, mesmo assim não conseguiu.
Ratifico que não é fácil, sair da zona de conforto, mas certamente é a única maneira de concluir nossos objetivos. Que tal começar a traçar essa maravilhosa jornada rumo a sua realização pessoal e profissional?



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade da autora identificada abaixo.