Coaching para Crianças: porque seu filho não deveria fazer

coaching é um serviço que surgiu para atender demandas de empresas e seus líderes e funcionários, porém se estendeu para diversas áreas profissionais e também para a vida pessoa, a fim de atender diferentes tipos de meta. O orientando, que é chamado de coachee, passa por um processo de autoconhecimento e definições e alcance de metas. 

O processo de coaching é trabalhado em cima das características e da personalidade da pessoa e usa seu potencial para potencializar qualidades e amortizar dificuldades. Ou seja, esse processo é trabalhado em cima de uma personalidade já maturada, definida.

Coaching infantil não existe

O coaching para crianças de que se fala é um grande equívoco exatamente porque é durante a infância que a personalidade se forma. Até a vida adulta, a personalidade ainda vai sofrer severas alterações e a aplicação de métodos de coaching sobre uma criança pode desvirtuar esse processo que deve ser natural e relativamente espontâneo. Não dá para saber ao certo quais as melhores características das crianças para direcioná-las a um objetivo. Na infância, a personalidade está em construção e por isso não é recomendável.

No Brasil, o coaching infantil começa a ganhar espaço, com crianças sendo orientadas para suas tarefas diárias, que, não raras vezes, são tantas e tão exaustivas e exigentes quantas as de um adulto. Aulas de inglês, futebol, piano, canto, dança e outras atividades já são incluídas pelos pais na agenda dos filhos. Os serviços de coaching infantil surgiram para incentivar um suposto desenvolvimento acelerado nessas atividades ou mesmo em habilidades sociais. Alguns métodos têm versões até mesmo para crianças de dois anos.

Essa segmentação de coaching é o que pode ser chamado, na verdade, de pseudocoaching. Simplesmente, não funciona. É impossível incentivar posturas em uma criança, como, por exemplo, a liderança, se ainda não há uma definição sobre os potenciais de personalidade dela. A personalidade na infância se desenvolve com brincadeiras e interações entre as criança. O melhor treinamento nessa idade é diversão e aprendizado natural. Os serviços de Coaching são extremamente úteis, mas só para gente grande.

Você ainda tem dúvidas sobre o processo de coaching ser prejudicial para crianças?
Deixe seu comentário abaixo e teremos prazer em responder!