Baixe o E-book
SONHOS EM REALIDADE Grátis

O que significa Coaching?

O termo Coaching é uma palavra em inglês que define um processo de desenvolvimento humano em que um instrutor ajuda o seu cliente a potencializar os resultados positivos na vida pessoal e profissional.

Por ainda ser uma área não tão difundida no Brasil, é comum que as pessoas não saibam o que significa Coaching ou até confundam sua definição com autoajuda, terapia, mentoring e até mesmo com consultoria. No entanto, é necessário saber que se trata de um processo com foco 100% em solução e que visa apoiar a pessoa que busca um desenvolvimento, seja com foco pessoal ou profissional.

SLAC

Com excelência comprovada, a SLAC® Coaching - Sociedade Latino Americana de Coaching preza pela ética, profissionalismo e excelência da profissão de Coaching na América Latina e, por isso, tem reconhecimento e aprovação dos principais órgãos de Coaching:

IAC® – International Association of Coaching - Estados Unidos
AC® - Association for Coaching - Londres - Inglaterra
PCA® - Professional Coaching Alliance - Estados Unidos
EMCC® - European Mentoring & Coaching Council - Bélgica - Europa

Nossa metodologia é de alta aplicabilidade, com resultados imediatos, testados, aprovados e, principalmente, comprovados em diversas empresas multinacionais e nacionais, o que lhe permitirá ser um coach profissional com RECONHECIMENTO E APROVAÇÃO INTERNACIONAL, além de contar com certificação válida em todo o mundo!

Com isso, a SLAC® Coaching traz a garantia de que você atuará com segurança e credibilidade, com um vasto conhecimento e ferramentas para aplicar em diversas empresas nacionais e multinacionais, em todos os tipos de Coaching citados a seguir.

Fundamentos
do Coaching

Os principais fundamentos do Coaching foram idealizados e elaborados para permitir um melhor entendimento sobre as práticas e tratamentos utilizados na profissão. Eles foram organizados em quatro grupos, conforme as particularidades existentes entre eles, que são:

1. Determinando os fundamentos

Em Coaching, o cumprimento de diretrizes éticas e padrões profissionais é algo essencial. Diante disso, também torna-se importante tanto a compreensão de valores éticos e de parâmetros em Coaching quanto a sua capacidade de aplicação de forma apropriada em todas as situações que envolvam o coach e o coachee.

O coach deve compreender os padrões de conduta determinados pela SLAC® Coaching e apresentá-los em seus comportamentos no cotidiano da profissão. O profissional também deve saber comunicar de forma clara as diferenças entre o trabalho do Coaching e outras profissões consideradas de apoio, como psicoterapia e consultoria, entre outras. O coach deve ainda orientar seus clientes sobre a necessidade de buscar outros profissionais de apoio, notando quando isso é necessário e quais são os recursos disponíveis.

O profissional deve entender e argumentar de forma eficiente com o cliente os rumos e os padrões específicos do relacionamento de Coaching. Entre tais pontos estão a programação, o preço, a inclusão de outras pessoas, etc. É preciso que ambos cheguem a um acordo sobre o que é e o que não é apropriado neste relacionamento, assim como o que está e o que não está sendo oferecido, e sobre as responsabilidades do coach e do cliente. O profissional deve determinar se existe uma correspondência entre o seu método de Coaching e as necessidades do cliente em potencial.

2. A criação de um relacionamento

O profissional de Coaching necessita estabelecer uma relação de intimidade e confiança com o cliente. Isso se traduz na habilidade do coach criar uma atmosfera segura, que inspire apoio, respeito e confiança mútuos e de uma forma contínua.

Também deve demonstrar uma autêntica preocupação pelo futuro e bem-estar do coachee, bem como mostrar de forma contínua características como ser sincero, íntegro e honesto. O coach precisa ainda estipular acordos claros e manter promessas, do mesmo modo que deve manifestar respeito pelo estilo de aprendizagem, pensamentos e pelo jeito de ser do cliente.

Outra tarefa da profissão é fornecer suporte contínuo e encorajar o cliente a desenvolver novas ações e novos comportamentos, englobando as que impliquem em riscos e medo do fracasso. O coach também deve pedir permissão ao cliente para trabalhar aspectos novos ou sensíveis no Coaching.

Durante todo o processo de Coaching, o profissional precisa se mostrar flexível, em conformidade com cada momento, e aplicado. Também deve utilizar seus recursos intuitivos bem como depositar confiança no conhecimento interior de seu cliente. É importante que as coisas ocorram de forma natural nessa relação, sendo que é essencial que o coach esteja aberto para lidar com riscos ou até para o desconhecido.

Observar diversas formas de trabalhar com o cliente também é algo relevante na profissão. Diante desse desafio, o coach tem que ser capaz de escolher a cada instante aquilo que se mostrar mais eficiente. O humor, quando utilizado de modo produtivo, gera energia, mas também leveza, sendo uma excelente ferramenta.

Além disso, o profissional necessita ter confiança para alterar um ponto de vista e apostar em diferentes cenários para sua atuação. O coach deve ainda demonstrar ter autocontrole e ser seguro para lidar com emoções fortes. É importante não se deixar dominar ou se envolver com os sentimentos.

3. Uma comunicação efetiva

Um coach deve sempre praticar a escuta ativa. Trata-se da capacidade de manter o foco integral naquilo que o cliente está afirmando, mas também nas coisas que ele não está dizendo. Além disso, o profissional deve compreender o significado do que seu coachee lhe diz, diante das circunstâncias que a pessoa está buscando. É necessário ainda que o cliente receba apoio contínuo para se expressar durante todo o trabalho de Coaching.

Um ponto fundamental é que o profissional se mostre disponível e esteja presente para o cliente e para a agenda dele. O coach deve sempre ouvir as metas, os valores, as crenças e as preocupações de seu cliente, tanto do que é possível quanto do que não é possível. Também precisa distinguir as palavras, a linguagem corporal e o tom de voz. Outro aspecto importante é a tarefa de resumir, parafrasear e repetir aquilo que o cliente afirma como forma de garantir o entendimento e a clareza.

Também é válido que ele busque uma integração e construção a partir de sugestões e ideias do cliente. O profissional deve procurar compreender a essência da comunicação do coachee e apoiá-lo a chegar diretamente ao ponto em vez de se envolver em histórias longas e descritivas. É igualmente importante que o coach permita que o cliente se expresse sem que haja julgamentos.

O chamado questionamento instigante é outro aspecto a ser perseguido pelo coach. Trata-se da capacidade de elaborar perguntas que indiquem todas as informações necessárias para melhorar o relacionamento com o cliente durante o processo de Coaching. Para isso, o profissional deve buscar questões que demonstrem uma escuta e entendimento ativos do ponto de vista do coachee.

O coach também precisa fazer perguntas desafiadoras, que sejam um convite para a descoberta, inspiração ou ação. É necessário que sejam feitos questionamentos abertos, capazes de gerar possibilidades ou aprendizados novos. Por fim, o profissional pode utilizar questões que façam com que o cliente se movimente em direção ao que almeja. E evitar perguntas que apenas deixem o cliente se justificando, de modo inseguro.

Uma comunicação direta também deve ser buscada. O coach precisa se expressar com eficiência durante o processo. Para isso, é fundamental utilizar uma linguagem que estabeleça um impacto positivo em seu cliente. Falar com clareza, de forma direta e articulada nos momentos de dar um retorno (feedback) ajuda muito. Ao se comunicar, o profissional tem que apoiar o cliente a compreender, a partir de outros ângulos, o que ele deseja ou sobre aquilo que possa estar incerto.

No Coaching, é necessário que sejam afirmados de forma clara quais são os objetivos, o cronograma de encontros, as técnicas, os exercícios e o propósito do processo. É vital que o coach utilize sempre uma linguagem apropriada e respeitosa com o cliente. Portanto, são inadmissíveis, por exemplo, falas machistas, racistas ou até mesmo o uso de jargões e ausência de técnica. Por outro lado, o uso de metáforas ou analogias para ajudar a ilustrar um ponto ou criar imagens verbais são recursos válidos.

4. Facilitar o aprendizado e os resultados

No processo de Coaching, criar conscientização é algo valioso. Para isso, deve-se buscar a integração e a avaliação, de modo preciso, de fontes de informação variadas. Também é necessário procurar interpretações que apoiem a conscientização do coachee, para que ele consiga alcançar os resultados estabelecidos. O coach precisa ir além do que lhe é dito ao fazer a avaliação das preocupações do coachee. Ele não deve se deixar levar por simples descrição feita pelo cliente.

Para se aprofundar, o profissional terá que investigar a fim de obter uma compreensão maior, assim como mais clareza e conscientização. Em paralelo, o coach tem que identificar para o cliente as preocupações ocultas, modos típicos e imutáveis de perceber a si mesmo e o mundo. Será necessário, para isso, verificar as diferenças entre fatos e suas interpretações, assim como diferenças entre pensamentos, atitudes e emoções.

Um tarefa relevante consiste em apoiar o cliente a descobrir novos pensamentos, percepções e sentimentos e que fortaleçam as capacidades de realizar ações e atingir o que para eles é importante. O coach também precisa comunicar visões mais amplas ao cliente e incentivar o compromisso de mudar suas perspectivas, assim como buscar novas alternativas para ação.

É importante que o profissional apoie o coachee a observar os diferentes pontos interrelacionados que tenham impacto nele e em seus comportamentos, como, por exemplo, pensamentos ou sentimentos. Também é preciso apresentar insights de forma que se mostrem úteis e significativos.

O profissional tem ainda que identificar pontos fortes e áreas para aprendizado e crescimento, ou seja, aquilo que é mais importante para tratar durante o Coaching. Outro ponto é pedir para que o cliente estabeleça uma distinção entre temas triviais e significativos ou comportamentos recorrentes e situacionais, quando for verificada uma separação entre o que está sendo feito e o que está sendo dito.

Também é necessário que sejam desenvolvidas ações. Trata-se da capacidade de criar, em parceria com o coachee, momentos para a aprendizagem contínua durante o Coaching. Isso deve ainda se estender a situações da vida e de trabalho. A tarefa aqui é praticar novas ações que levem aos resultados estipulados no Coaching de uma forma eficaz.

Outra missão do coach é buscar ideias e auxiliar o cliente a definir atitudes que permitam que ele praticar e se aprofundar em novos aprendizados. Ele também deve ajudar o coachee na tarefa de se focar e a analisar oportunidades e preocupações que sejam relevantes aos objetivos estabelecidos no Coaching. O profissional precisa ainda envolver o cliente de forma que explore ideias e soluções alternativas, para avaliar opções e tomar decisões relacionadas.

O coach tem que promover experiências e a autodescoberta no cliente quando for aplicar o que foi discutido e aprendido nas sessões em seu trabalho ou em sua vida. Comemorar os sucessos do cliente, assim como a capacidade de crescimento futuro, também está entre as responsabilidades do profissional de Coaching. É preciso ainda desafiar as suposições e pontos de vista do coachee para provocar novas ideias e encontrar outras possibilidades para ação.

Uma outra função do coach é defender ou levar adiante pontos de vista que sejam coerentes com as metas do coachee e envolvê-lo de modo a considerá-los. Colaborar para a tomada de iniciativas do cliente durante a sessão de Coaching e fornecer apoio imediato é mais uma incumbência da profissão. Deve-se ainda encorajar esforços e desafios, mas também um ritmo de aprendizado que se mostra confortável.

O planejamento e a definição de metas são mais pontos do trabalho do coach. É a capacidade de elaborar e manter um planejamento de Coaching que seja eficaz para o cliente. É necessário consolidar os dados coletados, determinar um plano e desenvolver objetivos que abordam preocupações e áreas para aprendizagem e desenvolvimento com o cliente.

O profissional também tem que criar um plano com resultados que sejam alcançáveis, mensuráveis e com prazos de cumprimento. É fundamental que sejam feitos ajustes nos planos, de acordo com o que for permitido pelo processo de Coaching e pelas mudanças na situação. Também é uma função do coach auxiliar o cliente a identificar e ter acesso aos diferentes recursos de aprendizado, como, por exemplo, livros ou outros profissionais. Deve-se ainda identificar e estabelecer como um alvo as primeiros metas que sejam importantes para o cliente.

A gestão dos progressos e a responsabilização integram o trabalho do coach. Trata-se da capacidade de manter o foco naquilo que é relevante para o coachee e de deixar com ele a responsabilidade de realizar a ação. Para isso, o profissional terá de requisitar claramente atividades que o movam rumo aos objetivos estabelecidos. Também deve-se demonstrar acompanhamento por meio de perguntas feitas ao cliente sobre as ações com as quais ele se comprometeu durante as sessões anteriores.

É incumbência do coach reconhecer o cliente pelo que ele realizou, não concretizou, aprendeu ou se conscientizou desde as sessões anteriores de Coaching. Ele também é responsável por preparar, organizar e reavaliar de forma eficiente com o coachee as informações obtidas durante as sessões. O profissional deve ainda manter a continuidade entre as sessões com o cliente, com foco no plano e nos resultados, nas rotas de ação estabelecidas e nos pontos para as próximas sessões.

O coach tem que manter o foco no plano de Coaching, mas precisa ser flexível e estar aberto a comportamentos e ações de ajuste com base no processo de Coaching e mudanças de direção durante as sessões. Deve ser capaz de se mover entre o objetivo em direção ao qual o coachee busca e definir um contexto para o que está sendo discutido e onde o cliente deseja chegar.

Promover a autodisciplina do coachee é mais uma atividade do coach, que também deve mantê-lo responsabilizado pelo que ele afirma que vai fazer, pelos resultados de uma ação que ele pretende realizar ou por um plano específico com prazos relacionados. O profissional tem ainda que desenvolver a capacidade do coachee para tomada de decisões, para tratar de preocupações relevantes e para desenvolver a si mesmo. É preciso também confrontar de forma positiva o cliente com o fato de que ele não realizou as ações estabelecidas.

Tipos de Coaching

Quando se fala de processo de Coaching são aceitas duas modalidades consideradas como as matrizes para o desenvolvimento desse tipo de trabalho. São elas o Coaching de Vida e o Coaching Executivo. Existe, ainda, uma terceira categoria que é entendida como uma simbiose das duas, o Coaching de Carreira.

Saiba mais sobre as características de cada uma delas:

Icones

COACHING DE VIDA

Processo de Coaching desenvolvido para ter uma melhor qualidade de vida, para desenvolvimento pessoal e planejamento de vida. É solicitado por qualquer pessoa que deseja alcançar um determinado objetivo.

A quem se destina?

Todos desejam ter uma saúde vibrante, um trabalho significativo e relacionamentos felizes e satisfatórios. Ter tempo para brincar, amar, relaxar, contribuir, sonhar e até mesmo aventurar-se. No entanto, poucos sabem como projetar uma vida equilibrada, planejada e satisfatória em sua mais profunda subjetividade. Esta modalidade atende qualquer pessoa que deseja alcançar um determinado objetivo.

Icones

COACHING EXECUTIVO

Processo de Coaching desenvolvido para alcançar objetivos corporativos, alta performance de gestores e necessidades de negócios. Solicitado por empresários, diretores e executivos, entre outros.

A quem se destina?

Esse processo é direcionado a pessoas que exercem cargos executivos hierarquicamente elevados, como diretores, gerentes, gestores e líderes, para que sejam desenvolvidas competências em benefício da empresa. Geralmente, o foco é aumento de produtividade e de satisfação profissional. A modalidade também atende coordenadores, profissionais do setor de recursos humanos, entre outros profissionais de funções similares.

Icones

BUSINESS COACHING

Também conhecido em outros países como Coaching Organizacional, esse processo é elaborado para o desenvolvimento de pessoas e gestão de mudanças. Este processo almeja a harmonia dos aspectos culturais da organização, com ações e objetivos concretos e mensuráveis.

Icones

TEAM COACH

Desenhado para o treinamento e desenvolvimento de equipes quando o trabalho requer a maximização de performance com foco em uma meta comum ao grupo, que deve ser alinhada ao cenário, cultura e valores da organização, bem como planejada com o modelo de competências.

Benefícios

O Team Coach é alguém capaz de dominar as habilidades necessárias para liderar com grupos de diferentes aspectos em setores distintos da indústria nacional e multinacional. Trata-se de um processo de Coaching que detém resultados comprovados e significativos na maximização de performance de grupos, equipes e times, trabalhando em diversos níveis como: diretores, gerentes, coordenadores, supervisores e líderes em geral.

Icones

COACHING DE CARREIRA

Processo de Coaching desenvolvido para apoiar carreiras profissionais, bem como em seu completo desenvolvimento e encaminhamento de novas oportunidades. A quem se destina?

Esta modalidade atende qualquer pessoa que deseja alcançar determinado objetivo no âmbito profissional.

Icones

LEADER COACH

Processo de Coaching desenvolvido para que as competências de um coach, como perguntas estratégicas, feedback, empatia, conduzir processos, ser um líder servidor, escuta ativa, entre outras, sejam adquiridas.

Benefícios

O Coaching permite, ainda, entender a estratégia das pessoas mais bem-sucedidas do mundo, identificando os processos e comportamentos que produzem resultados surpreendentes, assim, é possível trabalhar de forma profunda a estruturação de equipes, times e organizações para replicar com o objetivo de obter sucesso em diversas áreas.

COACHING, COACH E COACHEE

Icones

Coaching = PROCESSO / METODOLOGIA


Icones

Coach = PROFISSIONAL


Icones

Coachee = CLIENTE

O que você ganha fazendo o processo de Coaching

A metodologia de Coaching está em expansão. No contexto empresarial, pesquisas comprovam que 68% das organizações dizem submeter seus executivos ao método de Coaching. E os principais motivos para isso são:

  • Maior produtividade no dia a dia
  • Desenvolvimento de inteligência emocional e organizacional
  • Assertividade do time
  • Foco na solução em todas as áreas da vida
  • Diminuição do nível de estresse
  • Baixo absenteísmo
  • Ganhos de performance
  • Desenvolvimento de um planejamento assertivo

Já ao falarmos do Coaching para as pessoas que querem conquistar suas metas pessoais, foi constatado que, nos últimos 8 anos, o uso da metodologia cresceu, somente no Brasil, 150%. Os principais motivos para essa procura são:

  • Autoconhecimento
  • Quebra de crenças limitantes
  • Melhorar relacionamentos interpessoais
  • Desenvolver uma comunicação assertiva
  • Aprimorar a gestão do tempo
  • Diminuição do estresse
  • Equilíbrio da vida pessoal e profissional
  • Encontrar o propósito, a missão e a visão

8 MOTIVOS PARA MUDAR A SUA VIDA UTILIZANDO O COACHING

01
Dobrar seu nível de desenvolvimento pessoal.
02
Você pode fazer uma vida extraordinária.
03
Você constrói amizades e relações que duram a vida toda.
04
Você pode se tornar um mestre na vida.
05
Você sempre estará pronto para a próxima oportunidade.
06
Você começa a compartilhar seu dom.
07
Você será admirado
08
Você poderá dobrar, ou até mesmo triplicar, seus ganhos financeiros.

QUAL O PAPEL DO COACH?

Através de metodologia, técnicas e procedimentos, o profissional apoia o seu coachee no desenvolvimento de competências, que se transformam em potencialidades com o propósito de alcançar objetivos reais. Tudo isso ocorre por meio de um planejamento pessoal e profissional de curto, médio e longo prazos.

QUEM PRECISA DE UM COACH?

Pessoas que necessitam desenvolver habilidades, competências, ser mais organizadas, fazer planejamentos, atingir metas pessoais e profissionais, ter qualidade de vida, novas oportunidades, alta liquidez em seus negócios, que almejam aumentar significativamente seus rendimentos, esportistas que desejam bater recordes, estudantes que ainda não sabem qual faculdade fazer e qual profissão seguir e profissionais liberais que querem alavancar seus negócios, etc.

Em resumo: qualquer pessoa que tenha um sonho ou meta e que deseja que seja conquistado.

COMO ACONTECE O PROCESSO DE COACHING?

O processo de em sessões individuais (preferencialmente presenciais), em média em 10 sessões de uma hora e meia cada, com um intervalo de, no mínimo, uma semana entre uma e outra.

O COACHING PODE FUNCIONAR COMO?

01

Uma forma de estímulo e acompanhamento a longo prazo, adaptada às necessidades de desenvolvimento pessoal

02

Acompanhamento profissional de pessoas em diferentes profissões e contextos

03

Contribuição para a configuração de sistemas de trabalho e de instrução

04

Contribuição para a estabilização e o desenvolvimento contínuo do procedimento profissional

05

Fomento para a motivação, o rendimento, a capacidade de comunicação e o sucesso, aproveitando as capacidades e os conhecimentos comuns do coach e do cliente

06

Medida inovadora do desenvolvimento de recursos humanos e instrumento para desenvolver a capacidade de aprendizagem de uma empresa

07

Configuração ou definição do relacionamento

08

Descoberta de valores

09

Definição de metas

10

Perguntas, tarefas, avaliação, feedback

11

Treinamento e desenvolvimento de competências

12

Formas típicas de trabalho

13

Simulação, encenação, desempenho de papel (role play)

BASE METODOLÓGICA SLAC® COACHING

Como a SLAC® Coaching traz a aprendizagem de adultos, viu-se a necessidade de agregar uma base metodológica que atendesse às expectativas dessas pessoas, fazendo com que elas tivessem um processo de aprendizagem efetiva conhecendo toda a essência do Coaching.

A base de ensino da SLAC® Coaching é a 70 – 20 – 10, a qual consiste em 70% do tempo com experiência prática, 20% em compartilhamento de aprendizado e 10% em materiais de estudo e explicações teóricas.

Esta metodologia de ensino é utilizada e aprovada pelas maiores universidades do mundo, tais como:

Universidade de Chicago
Universidade de Stanford
Universidade de Michigan
Universidade de Harvard

Soluções da SLAC® Coaching para as suas dores

Seja no contexto pessoal ou profissional, a SLAC® Coaching tem a solução ideal para sanar suas dores e fazer com que você sinta a felicidade e o sucesso que merece e pode ter.

Nossa missão é desenvolver pessoas com competências comportamentais para que elas conquistem tudo que desejam, aplicando o Coaching na sua essência, contribuindo para o crescimento pessoal e profissional.

“Para cada problema da vida há uma solução. Tudo depende do grau de importância que você dá para o problema e se esquece de pensar na solução.”

- Sulivan França

DESCUBRA COMO TRANSFORMAR SONHOS EM REALIDADE UTILIZANDO A METODOLOGIA COACHING NA SUA VIDA!

- E-book gratuito -

Horário

De Seg. a Sex.
9:00 - 18:00

Telefone

+55 (11)
3670-1770

A lógica pode levar de um ponto A a um ponto B. A imaginação pode levar a qualquer lugar

WhatsApp