O processo de recrutamento e seleção

O profissional que atua na área de gestão de pessoas ou lidera uma equipe sabe que é muito comum pessoas serem contratadas por terem em seus currículos ótimas habilidades técnicas, e posteriormente demitidas por problemas comportamentais.

E é essa constatação que gera a contínua busca por maior assertividade nos processos de recrutamento e seleção dentro das empresas.

A importância de conhecer as competências

Hoje em dia, a experiência profissional descrita no currículo é muito importante. Porém, essa análise passou a ser apenas o primeiro filtro para escolher entre as centenas de bons candidatos que aparecem para uma entrevista de emprego.

A partir desse ponto, o gestor ou entrevistador começa a aplicar métodos de seleção de comportamento nos candidatos para que assim possa conhecer suas competências. Depois da primeira entrevista com o selecionador e dos testes psicotécnicos, vem a segunda etapa que é a entrevista com o futuro líder.

As ferramentas de assessment podem ser muito eficazes no processo de recrutamento e seleção. Nesse momento, é importante que o líder faça o possível para conhecer a fundo o candidato, recorrendo às ferramentas mais precisas que o mercado coloca à disposição. Existem muitas ferramentas de análise de personalidade e cada uma com um objetivo diferente da outra, mas todas com a intenção de determinar se o comportamento em questão está alinhado com o da futura equipe e do futuro líder.

Determine a personalidade do candidato

O ideal é que, nessa parte da seleção do comportamento, o gestor consiga determinar a personalidade do candidato, ou seja, analisar sua determinação, energia, afetividade e controle emocional.

É sempre importante lembrar que cada ser humano é único e é mais fácil investir nos conhecimentos técnicos que faltam a um candidato do que reconduzir este profissional a práticas comportamentais adequadas. O que existe são perfis diferentes, mais ou menos adequados a times já estabelecidos e a determinadas culturas.

O profissional responsável pelo processo de recrutamento e seleção deve fazer o possível para escolher perfis adequados para a empresa e ter a certeza de que os profissionais se sentirão motivados e felizes nas funções que irão exercer.