Escrito por Sulivan França - 22 de Novembro de 2017

Nos primórdios da história humana, antes mesmo de nossos ancestrais desenvolverem algum tipo de linguagem oral mais articulada, já existiam outras formas de comunicação não verbal. Nesse sentido, é possível afirmar que desde o tempo das cavernas o corpo sempre falou.

Portanto, a chamada linguagem corporal, tão utilizada no cotidiano, é anterior ao domínio da palavra, mesmo em sua forma mais rudimentar. E até nossos dias, a expressão corporal ainda representa uma das mais importantes formas de comunicação entre as pessoas. Dominá-la é uma importante ferramenta para aprimorar o desenvolvimento pessoal.

Tal linguagem pode ser definida como a forma de criar uma comunicação não verbal, permitindo que o corpo se expresse por meio de gestos, expressões faciais e posturas.

Seja em uma negociação, numa conversa entre cônjuges ou até em um primeiro encontro, a forma como alguém cruza os braços, posiciona as palmas das mãos ou modula o tom de voz diz tanto ou mais do que as palavras ditas.

Um estudo da Universidade da Califórnia indicou que até 93% da eficácia da comunicação é determinada por pistas não verbais. Outro estudo norte-americano indicou que o impacto de uma performance foi determinado 7% pelas palavras utilizadas, 38% pela qualidade da voz e 55% pela comunicação não-verbal.

Aliás, esse tipo de comunicação não é exclusividade dos seres humanos, faz parte também do reino animal. Basta prestar atenção e você consegue determinar, por exemplo, as emoções de um cachorro ou gato por sua postura e atitudes, sem que haja a necessidade de latido ou miado.

A linguagem corporal pode ser compreendida, a partir do momento em que a pessoa decodifica todos os comportamentos de postura, como as posições dos braços, das pernas e da cabeça, e as expressões faciais seguidas dos gestos, que podem transmitir os mais diversos sentimentos e emoções.

A importância da linguagem corporal

Uma pessoa que não mantenha contato visual com seu interlocutor, por exemplo, pode estar dizendo que não está interessada na conversa. Os olhos querem dizer muito e podem ajudar o indivíduo a entender melhor o que o outro quer comunicar.
Alguém que se mantém de braços cruzados enquanto conversa, se apresenta numa postura defensiva, revelando insegurança sobre o assunto tratado.

Outro tipo de mensagem da linguagem corporal é a distância entre as pessoas que conversam, podendo indicar tanto uma aproximação como uma tensão existente entre ambas. Assim é tão reveladora da mensagem que se quer passar quanto frases.

A atitude adequada

A postura não só pode mudar a opinião que certas pessoas têm sobre outras, como também influenciar a visão dos demais sobre você. O que pode ser uma ferramenta poderosa ou não, dependendo da maneira como é utilizada.

Uma postura adequada pode abrir portas e contribuir para o desenvolvimento do indivíduo. Por outro lado, uma postura inadequada pode até mesmo prejudicar uma amizade ou um romance.

Linguagem corporal e vendas

É sempre importante no dia a dia saber identificar tais comportamentos, principalmente para profissionais de venda ou líderes, que têm objetivos dependentes de outras pessoas, e também é preciso não confundir a linguagem corporal com a linguagem gestual, que é mais objetiva, apresentando em cada gesto, um significado próprio, estabelecido geralmente pela convivência entre as pessoas.

Na linguagem corporal, os gestos e posturas são mais subjetivos, podendo revelar instintivamente uma atitude mental ou física, e assim independem da cultura e do conhecimento de uma pessoa.

Dicas sobre comunicação não verbal

Selecionamos dicas publicadas em dois artigos nos sites Elite Daily e The Balance Careers com maneiras de melhorar a linguagem corporal e para entender a comunicação não verbal. Confira e aplique o quando lhe parecer útil:

1) Palmas das mãos
Ao manter as palmas das mãos erguidas, você demonstra uma confiança na qual os demais podem acreditar. Está comunicando a elas que é uma pessoa agradável e crível. Desse modo, quando você fala ou faz algum tipo de demonstração, utilize esta técnica.

Claro, essa não precisa ser a uma posição estacionária, pois isso pode ser desconfortável e um pouco estranho após um tempo. Mas tente incorporar a posição das palmas das mãos em diferentes partes da sua interação.


2) Espelhamento
O espelhamento é quando você está copiando a linguagem corporal, o tom, o posicionamento ou as ações de alguém com quem está falando. Os seres humanos se sentem mais conectados às pessoas que parecem com eles.

Então, fazendo isso, a pessoa que você está espelhando se sentirá mais conectada a você. Mas, atenção, não copie descaradamente tudo o que alguém faz, mas imite sutilmente a maneira como ele ou ela fala, se mantém, o tom de sua voz, etc.

Portanto, se você deseja criar um relacionamento rapidamente com alguém e se conectar rapidamente, tente se espelhar.

3) Pausas
Esta dica não verbal específica permite uma comunicação mais eficaz. É um dos melhores truques para falar em público que alguns dos principais oradores do mundo usam. Ao fazer pausas eficazes e oportunas ao falar, você atrai o ouvinte. Isso pode ser extremamente eficaz para parecer mais confiante e seguro de si ao se comunicar.

4) Use a cabeça
Essa dica é ótima para realmente demonstrar ser um ótimo ouvinte, que é a definição de uma comunicação eficaz. Em uma conversa, ao acenar com a cabeça regularmente de forma positiva, indicando "sim", quando a outra pessoa estiver falando, você mostra estar ouvindo o que o outro está dizendo e também está de acordo com a posição.

5) Pés e joelhos
Ao manter os pés afastados e levemente dobrados, você fica em uma posição muito natural. Essa postura mostra que você está confortável sendo você mesmo e se comunicando com a pessoa com quem está falando. Inconscientemente, também permite que você baixe a guarda e, ao fazê-lo, permite que a outra pessoa baixe a dela também.

Agora, é hora de treinar. Da próxima vez que se encontrar em conversa com alguém, lembre-se dessas técnicas e descobrirá que está se comunicando e se conectando com muito mais eficiência.

Como entender a linguagem corporal

Como vimos, devemos reconhecer que as pessoas se comunicam em vários níveis. É  preciso observar expressões faciais, contato visual, posturas, ações de mãos e pés, o movimento e a colocação do corpo, a aparência e o passo enquanto alguém caminha em sua direção. Todo gesto está comunicando alguma coisa se você "ouvir com os olhos". Acostume-se a observar a comunicação não-verbal e sua capacidade de a ler aumentará com a prática.

Se as palavras de uma pessoa dizem uma coisa e a comunicação não verbal diz outra, você costuma ouvir a comunicação não verbal. E essa geralmente é a decisão correta.

Avaliadores de candidatos a emprego se baseiam na comunicação não-verbal. A comunicação não verbal durante uma entrevista costuma esclarecer as habilidades, pontos fortes, pontos fracos e preocupações do candidato.

Ao testar a comunicação não verbal durante uma situação em que você precise de fatos e declarações confiáveis, novamente, o fator não-verbal pode revelar mais do que as palavras faladas da pessoa. Ao liderar uma reunião ou falar com um grupo, reconheça que dicas não-verbais podem lhe dizer: quando você fala o suficiente, quando alguém quer falar e o humor da multidão e a reação deles às suas observações. 

Ouça-os e você se tornará um líder melhor, um melhor orador e comunicador.

Compreender a comunicação não-verbal melhora com a prática. O primeiro passo é reconhecer o poder da comunicação não-verbal. Você certamente experimentou um momento em que teve a intuição de que o que uma pessoa disse a você era falso. Escute sua intuição. É a sua maneira de captar e interpretar tudo o que você vê e ouve da linguagem corporal, movimento, tom de voz, palavras e se todos esses componentes da comunicação são correspondentes.

Isso, juntamente com suas experiências de vida, treinamento, crenças e tudo o que compõe seu passado, funciona como seu especialista interno em comunicação não-verbal.

Gostou das dicas? Se tiver outras, compartilhe conosco nos comentários.
E-book Comportamento

E-BOOK GRATUITO

Descubra como transformar sonhos em realidade utilizando a metodologia coaching na sua vida!