Escrito por Sulivan França - 15 de Abril de 2019

Em busca de dinâmicas para professores? Há boas razões para investir nelas.

É fato que os educadores devem sempre evoluir na difícil tarefa de ensinar. E para que permaneçam firmes em seu propósito, por vezes, alguns estímulos são necessários.

É nesse momento que você pode recorrer a dinâmicas. Assim como os mestres promovem o desenvolvimento de seus alunos, eles também buscam o crescimento constante.
Além disso, precisam manter a motivação e a energia em alta.

As dinâmicas para professores podem ser muito úteis nessa jornada.

Quer ver só?

Acompanhe o artigo e conheça algumas atividades e os resultados que podem ser alcançados a partir delas.

O que são dinâmicas para professores?

As dinâmicas para professores são atividades que favorecem a participação e a interação do grupo. Além de estimular o relacionamento interpessoal, também trabalham a criatividade e o autoconhecimento.

Seu uso pode se dar em diversas ocasiões, como em reuniões e encontros, durante a semana pedagógica, no início do ano letivo ou no decorrer do calendário escolar. Você só precisa definir o momento mais adequado, os objetivos esperados e, então, escolher qual dinâmica melhor se adapta a eles.

Por que fazer dinâmicas para professores?

Nossos mestres são essenciais para a formação de todo o ser humano. Mas, será que eles também se enxergam dessa forma?
As dinâmicas para professores contribuem com a autovalorização, tão fundamental para o desempenho de um bom trabalho.

Além disso, com a rotina atribulada em escolas e universidades, as relações com os colegas nem sempre são priorizadas, em detrimento de outras atividades. Nesse contexto, as dinâmicas podem ser aplicadas para aproximar os educadores e melhorar a comunicação entre eles.

5 exemplos de dinâmicas para professores

Agora que você já sabe o que são as dinâmicas para professores e conhece as razões para aplicá-las, chegou a hora de conhecer exemplos.
Veja a seguir cinco atividades para serem realizadas com grupos de educadores.

Dinâmica do Espelho

A Dinâmica do Espelho estimula o autoconhecimento e a autovalorização dos professores.

Por isso, é bastante útil para promover um ambiente agradável e reflexivo.

  • 1º passo: de acordo com o número de participantes, providencie caixas. No fundo de cada uma delas, cole um espelho.

  • 2º passo: organize o grupo em um círculo, distribua as caixas e peça para que não abram.

  • 3º passo: fale para os educadores que, dentro das caixas, há a imagem de alguém muito importante e valioso. A ideia é manter uma narrativa que desperte a curiosidade dos participantes.

  • 4º passo: chame algumas pessoas para ir à frente do grupo e abrir o pacote. Então, pergunte a elas quais são as qualidades, talentos e propósitos da pessoa que elas viram.

Dinâmica do Papel Amassado

De forma bastante fácil e rápida, sem a utilização de muitos recursos, essa é uma boa oportunidade para mostrar a importância das relações interpessoais e do aprendizado extraído de cada experiência vivida.

  • 1º passo: utilize folhas de papel em branco e corte-as em quatro partes iguais.

  • 2º passo: distribua a cada um dos professores e peça para que amassem até formar uma bolinha.

  • 3º passo: espere alguns minutos e, então, solicite aos participantes que tentem desamassar o papel.

  • 4º passo: oriente-os a observarem as ranhuras que ficam nas folhas e explique a eles que as experiências vividas e as relações interpessoais sempre nos ensinam algo, apesar de mais superficiais que possam parecer.


Ninguém está só

Essa dinâmica estimula a reflexão sobre a confiança e a importância do trabalho em equipe.  Ao realizar a atividade, os professores podem constatar que a união e a colaboração são ferramentas importantes para enfrentar os percalços da jornada.

  • 1º passo: os recursos necessários para essa dinâmica incluem vendas para cada participante e também um espaço bastante amplo, com várias salas e corredores.

  • 2º passo: reúna os professores em uma sala e coloque uma venda em cada um deles.

  • 3º passo: dirija-os, em silêncio, a locais diferentes. Se o grupo for grande, não tem problema se ficar mais de um no mesmo cômodo.

  • 4º passo: após, dê a eles o desafio de voltar a sala onde iniciaram a atividade. Aos poucos, eles irão perceber que não estão sozinhos e que, com a ajuda dos colegas, fica muito mais fácil cumprir o objetivo proposto

  • 5º passo: ao terminar a dinâmica, incentive uma discussão sobre a atividade.

Anúncios classificados

Se você tem um grupo de professores que já se conhecem, mas podem estreitar ainda mais os laços, essa dinâmica é uma boa opção. Além de aproximar a equipe, a atividade promove a autorreflexão.

  • 1º passo: pegue algumas folhas de papel e canetas.

  • 2º passo: distribua aos educadores e diga a eles para produzirem um anúncio de si mesmos, como se estivessem ofertando seus serviços. Entretanto, eles não podem revelar de quem é o anúncio. Portanto, nada de nomes ou dicas.

  • 3º passo: fixe os anúncios em uma parede ou lousa e deixe-os por cerca de 20 minutos, até que todos os professores possam ler e refletir sobre as informações ali descritas.

  • 4º passo: então, faça algumas perguntas:

    • a) Quem reconheceu os outros ao ver o anúncio classificado?

    • b) Quantas pessoas pensavam se conhecer e descobriram que não se conheciam direito?

    • c) Como cada um se sentiu vendo seu anúncio classificado sendo lido pelos outros?

    • d) Quais participantes foram mais reconhecidos e quais foram menos? Como se sentiram?

    • e) O que falta para o grupo se conhecer melhor?

Briga de galo

Como o nome sugere, nessa dinâmica, os participantes realizam movimentos parecidos com uma briga de galo.

Assim, a atividade propicia momentos de descontração e é indicada para aproximar ainda mais as pessoas.

  • 1º passo: solicite aos professores que formem um círculo, sentados no chão.

  • 2º passo: escolha dois voluntários para irem ao centro e posicione-os um de frente para o outro.

  • 3º passo: cole um papel nas costas de cada um deles, escrito ?galo 1? e ?galo 2?.

  • 4º passo: oriente-os para que permaneçam com os braços para atrás e tentem ler o que está escrito nas costas de seu adversário. Vence quem conseguir o feito primeiro.

  • 5º passo: incentive os demais a torcerem pelos colegas enquanto assistem a atividade. Depois, forme novas duplas com dizeres diferentes fixados em suas costas.

Como o Coaching ajuda professores a maximizar sua performance?

Os professores têm papel significativo na formação dos alunos. O modo como pensam e agem se torna referência na vida de muitas pessoas. Porém, a missão de ensinar não é fácil, sobretudo diante das condições difíceis nas quais costumam trabalhar.

O compromisso consigo mesmo e com o próximo é, muitas vezes, desafiador. É preciso criar relações sólidas com os alunos e colegas de profissão e ainda encontrar tempo para se manter atualizado.

Você viu que as dinâmicas para professores servem de estímulo para isso. Por outro lado, são apenas uma ferramenta de apoio nessa jornada.
Nesse contexto, a metodologia de Coaching se posiciona como uma solução para maximizar o desempenho de cada profissional.

Isso acontece a partir da definição de um objetivo e de um plano de ação para que ele seja alcançado.

Durante esse percurso, são desenvolvidas competências e habilidades fundamentais, como relacionamento interpessoal, criatividade, organização, flexibilidade, persistência e motivação.

Conclusão

Falamos neste artigo sobre dinâmicas para professores, destacando a importância dessas atividades e exemplos para colocá-las em prática.

Se você deseja ir além e investir no desenvolvimento de competências e habilidades, além de maximizar sua performance, o Coaching é uma escolha certeira.

Visite o site da SLAC® Coaching para conhecer nossas formações e encontrar aquela que melhor atende aos seus objetivos.

Se preferir, faça contato conosco.


E-book Comportamento

E-BOOK GRATUITO

Descubra como transformar sonhos em realidade utilizando a metodologia coaching na sua vida!