Escrito por Sulivan França - 03 de Abril de 2019


Entender a diferença entre metas e objetivos qualifica os resultados alcançados.E isso fica mais claro conforme se avança sobre os conceitos e os coloca em prática.Tanto um quanto o outro são fundamentais quando existe um propósito.

Antes de definir um planejamento pessoal, profissional ou empresarial, portanto, esse é um conhecimento indispensável.
Para ajudar você a obter resultados mais assertivos, vamos esclarecer as diferenças e explicar como definir metas e objetivos.
Se o assunto interessa, não deixe de ler até o final!

Qual a diferença entre metas e objetivos?
De modo geral, podemos dizer que os objetivos são os nossos propósitos maiores, e as metas, por sua vez, representam os caminhos que ajudarão a alcançá-los. Deu pra entender um pouco a diferença entre eles? Ou ainda está em dúvida?
Veja a seguir a explicação sobre cada um.

Além disso, confira exemplos que podem ajudar você a assimilar o conteúdo com maior facilidade.
O que são objetivos?
- Exemplos
Vamos começar pelos objetivos, que são mais abrangentes. Um objetivo é o propósito de alcançar algo ou chegar a algum lugar.
Ou seja, quando você determina um resultado que quer atingir, ele se torna o seu objetivo. Pode ser pessoal, profissional ou empresarial.
Objetivos pessoais: comprar um carro, casar, constituir uma família, ter filhos, fazer uma viagem internacional ou manter uma vida mais saudável.
Objetivos profissionais: conquistar um emprego novo, alcançar uma promoção, ocupar um cargo de liderança, mudar de área de atuação ou iniciar a carreira.
Objetivos empresariais: aumentar o faturamento, implantar um sistema de gestão, atrair novos clientes, expandir sua atuação, ampliar a participação de mercado ou construir uma marca forte e reconhecida.

O que são metas?
- Exemplos
As metas são mais específicas e funcionam como caminhos para chegar até os objetivos.
Elas servem como um direcionamento e possuem mais detalhes, como, por exemplo, prazos, valores envolvidos e responsáveis pela execução.
Então, se você tem os seus objetivos traçados, precisa também definir as suas metas.
Assim, fica mais fácil alcançar o que se espera.
Metas pessoais: economizar 10% do salário durante 12 meses para comprar um carro ou destinar uma hora do dia para praticar atividade física.
Metas profissionais: mandar cinco currículos por dia, fazer networking no LinkedIn diariamente ou estudar inglês para concorrer a vagas que exigem fluência no idioma.
Metas empresariais: aumentar 10% das vendas até o final do ano, desenvolver um sistema de gestão personalizado, estudar novos mercados ou construir uma estratégia de branding (gestão da marca).

Qual a importância de metas e objetivos para a vida pessoal e profissional
Todos os dias, quando acordamos, nos deparamos com diversas tarefas à nossa espera para serem realizadas.
A maioria delas vem ao encontro dos nossos planos. São ações que fazem parte dos objetivos e metas que traçamos.
Quando existe um propósito, há também uma missão.

 O ser humano tem a necessidade de encontrar um sentido para a sua existência e busca sempre a evolução.
Portanto, os objetivos e metas norteiam as atitudes e o rumo a ser seguido.
A importância dos objetivos e metas para a vida pessoal e profissional tem relação direta com a motivação.
É o que faz as pessoas se sentirem engajadas, comprometidas, determinadas e cheias de energia para persistir, enfrentar obstáculos e superar desafios.

Ao concretizarmos nossos sonhos, temos a sensação de felicidade, de que nossos esforços valeram a pena e de que temos fôlego para continuar buscando a realização de novos desejos.

Como definir metas e objetivos
Definir objetivos e metas não é uma tarefa tão simples, mas também não representa uma missão impossível.
Com algumas dicas e recorrendo a metodologias, fica mais fácil.
Antes de tudo, pense no que realmente você quer e com quais objetivos você se preocupa mais. Não estabeleça muitos de uma só vez.

 Procure focar no que pode ser alcançável de acordo com a sua capacidade de organizar o tempo e disposição. 
Saiba estabelecer prioridades também para as metas e não proponha ações em demasia. Pense bastante e escolha somente aquelas que têm chances reais de serem concretizadas. Mesmo com essas dicas, ainda está difícil estabelecer as suas metas e objetivos?
Então, você pode adotar o conceito de SMART

Recorrendo ao método SMART. 
SMART é uma metodologia para estruturação de metas inteligentes.
Veja como funciona:

S (Specific - Específica): quando você determina metas mais objetivas, a possibilidade de sucesso cresce. Você pode defini-las respondendo a perguntas como "O quê? Por que? Quem? Onde? Qual é?". Ou seja, em vez de pensar em uma meta como "entrar em forma", decida por "praticar exercícios físicos na academia do prédio todos os dias por cerca de 30 minutos".
M (Measurable - Mensurável): o acompanhamento das metas é fundamental para que elas funcionem. Então, coloque indicadores para que você possa avaliar se está no caminho certo. O ideal é que você possa sempre medir seus resultados.
A (Attainable - Atingível): de nada adianta estabelecer uma meta de guardar R$ 2.000 por mês se o seu salário é um pouco maior do que esse valor. Entenda os seus limites e não faça sacrifícios demais. A meta precisa ser realizável.
R (Relevant - Relevante): lembre sempre que as suas metas devem estar relacionadas a objetivos maiores. Portanto, elas devem ser relevantes diante do propósito geral.
T (Time based - Temporal): colocar prazos facilita o cumprimento das metas, além de funcionar como uma motivação a mais. Sem uma previsão para que ela seja alcançada, talvez isso nunca aconteça.
Além da SMART, outra ferramenta usada para o planejamento de atividades é a 5W2H, que leva em conta os seguintes aspectos:

What?: o que será feito?
Why?: por que será feito?
Where?: onde será feito?
When?: quando será feito?
Who?: por quem será feito?
How?: como será feito?
How much?: quanto vai custar?

Ela também ajuda a refletir sobre as escolhas das decisões a serem tomadas e auxilia no desenvolvimento das ações.
Seja qual for a ferramenta utilizada, nunca se esqueça de acompanhar o andamento das suas metas e objetivos. Se algo não está saindo de acordo com o esperado, avalie o que pode ser feito para corrigir e melhorar.

Como o Coaching ajuda você a alcançar metas e objetivos?
Com todas as dicas que conferiu até aqui, agora já conhece a diferença entre metas e objetivos e sabe que pode contar com valiosas ferramentas para a sua realização. No entanto, há uma metodologia que pode ser aplicada com sucesso para a concretização de qualquer meta, mesmo aquelas que parecem inimagináveis em um primeiro momento.

Estamos falando do Coaching, um processo que possui embasamento científico e foca no desenvolvimento de competências e habilidades comportamentais. A partir da definição de seus objetivos, você constrói um plano de ação ao lado do coach, definindo um caminho possível até a sua concretização. Nessa jornada, você descobre seus pontos fortes e fracos, que hoje o aproximam ou o afastam das metas.

Como nada é definitivo, o Coaching mostra que podemos evoluir, maximizar nossa performance, corrigir vulnerabilidades e encontrarmos a melhor versão de nós mesmos. Empatia, inteligência emocional, autoconfiança, liderança e motivação são algumas das competências que você pode adquirir ou aprimorar com a metodologia.

Conclusão
Neste artigo, você conheceu a diferença entre metas e objetivos e encontrou um caminho seguro para a sua definição e realização. Agora, coloque em prática o seu plano com foco em resultados.

Nessa jornada, não deixe de recorrer ao Coaching para atingir o máximo do seu potencial.
Visite o siteda SLAC®Coaching para conhecer nossas formações e encontrar aquela que melhor atende aos seus objetivos.
Se preferir, faça contato conosco.

E-book Coaching

E-BOOK GRATUITO

Descubra como transformar sonhos em realidade utilizando a metodologia coaching na sua vida!