Liderança e inteligência emocional: qual a relação?

Inteligência emocional é um conceito relacionado à chamada "inteligência social", que diz que um indivíduo emocionalmente inteligente é aquele que consegue identificar as suas emoções com mais facilidade.

É a competência responsável por boa parte do sucesso e da capacidade de liderança de um ser humano.

Emoção e felicidade

O modo como gerenciamos as emoções, tanto as nossas como as dos outros, pode ter um papel decisivo na busca pela felicidade e pelo sucesso.

Autoconsciência, autorregulação, motivação, habilidades sociais e empatia são pré-requisitos para a inteligência emocional.

As pessoas podem ser fortes em algumas dessas áreas e deficitárias em outras, mas todas têm o poder de melhorar em qualquer uma delas.

Liderança e autoconhecimento

Para ser um líder eficiente é imprescindível ser autoconsciente, ou seja, conhecer a si mesmo e a influência que exerce sobre os outros para que, dessa maneira, seja desempenhado papel importante na condução dos liderados.

Um líder deve, necessariamente, ser emocionalmente inteligente. Caso contrário, sua autoridade será meramente fruto da hierarquia imposta pela empresa, nunca algo natural.

Liderança: o que é?

Liderança é a capacidade que um ou mais indivíduos possuem de conduzir um ou mais grupos de pessoas, transformando esses grupos em equipes (com pessoas que atuam juntas, como uma unidade) capazes de gerar resultados.

É também a habilidade de motivar e influenciar os liderados de forma ética e positiva para que contribuam voluntariamente e com entusiasmo na busca de objetivos coletivos que favoreçam o coletivo de pessoas e a empresa.Liderar é, portanto, uma tarefa complexa, pois o bom líder, além de habilidades técnicas para gerir colaboradores e a equipe, precisa ter a capacidade de desenvolver seus liderados, atendendo expectativas pessoais e profissionais, alinhando-as aos interesses da organização.

Conduzir e gerir pessoas de forma eficaz exige inteligência emocional, ou seja, muito controle, autoconfiança, visão de futuro e planejamento estratégico, dentre muitas outras habilidades fundamentais.