Como liderar uma equipe de elite

Cada vez mais, as pessoas em vários níveis de uma empresa estão desempenhando papeis importantes para sustentar a vantagem competitiva da corporação. Esses indivíduos são, na maioria das vezes, mais próximos do cliente e tem a melhor compreensão da dinâmica do setor externo, sabendo como realmente resolver os problemas.

Por isso uma liderança estratégica não é apenas para as pessoas, também para equipes nas quais as pessoas trabalham em conjunto para fazer sentido a partir de informações complexas, comportando-se como uma equipe de elite.

A importância da liderança estratégica

O trabalho de liderança estratégica raramente é um esforço individual. Tal como acontece com os líderes individuais, a mentalidade da equipe, habilidades e comportamentos são fundamentais para o sucesso da organização em longo prazo.

Por ter papel estratégico, o líder deve utilizar as ferramentas que tem à disposição para atingir seus objetivos, implementando processos financeiros, guia de produtos, desenvolvimento de serviços, sempre com foco no mercado e atendendo à cultura organizacional, entre outros aspectos.

Além de criar as metas, um eficiente líder estratégico deve compreender as várias partes do sistema de trabalhar em parceria, orientando os outros a ver seu papel na consecução dos objetivos. Também precisa agir conforme as mudanças de mercado, que podem ter implicações substanciais na capacidade da organização para criar e sustentar sua vantagem competitiva.

Uma liderança exemplar colabora para o desenvolvimento individual da equipe e, ao invés de encaminhar os funcionários para treinamentos planejados e conduzidos pelo RH, ele mesmo assume essa responsabilidade, direcionando as pessoas para o aumento de performance e tendo domínio sobre os conhecimentos do comportamento humano.

Mas, embora oriente, mostre o caminho e oriente a equipe na busca de soluções próprias, ele deixa os funcionários construírem seu próprio caminho e se tornarem responsáveis por suas decisões.