Os quatro pilares para ser um coach de sucesso

Frequentemente sou perguntado sobre o que considero relevante na formação de um profissional em coaching.

Costumo comparar o processo de formação de um coach de sucesso com a teoria dos pilares da sabedoria. Existem 4 pontos fundamentais da teoria que se aplicam de forma integral e que considero relevantes para determinar o quão eficiente você será em sua carreira como coach. Estes pilares são: dados, informações, experiência e conhecimento.

A questão mais relevante e que devemos observar é que esses termos são frequentemente usados de forma alternada, como se tivessem o mesmo significado ou aproximado. Sem “desconstrução”, ou melhor dizendo, sem “entendermos” ou buscarmos entender o que de fato esses termos nos dizem, quase que poderia funcionar como termos idênticos, a verdade é que eles são totalmente distintos e todos eles são e têm um significado especifico e diferente um do outro.

Identificando dados

Os dados podem ser, mas não são, necessariamente, a informação por completo. Quando observados os dados, é importante sabermos identificar se eles nos informam uma estrutura ou uma configuração. Sem esses dois pontos a serem considerados, o valor dos dados é limitado.

Em uma formação de coaches, dados são tudo aquilo que um Master Coach Trainer (Instrutor responsável pelo curso de formação) informa aos seus alunos de forma verbal sobre o coaching e seus aspectos fundamentais.

Trabalhando a informação

Da mesma forma, a informação não é conhecimento. Ela requer uma estrutura que sirva como referência para o processo de aprendizagem de novos conceitos. Isso significa que a estrutura aponta diversos aspectos, como: ver, ouvir e sentir (fazer). Isso porque nós só podemos aprender novas ideias e conceitos com base em como eles se relacionam com o que já sabemos. E o que sabemos e aprendemos, enfim, nossas experiências, estão diretamente ligadas ao nosso sistema sensorial. É com ele que experimentamos o mundo e tudo o que acontece ao nosso redor, de modo que armazenamos todas essas experiências em nossa consciência, seja ela consciente ou inconsciente.

Experiência

O processo de transmitir dados e informações acaba se tornando o conhecimento, mas, para isso, precisamos atender as expectativas dos alunos em seu mais importante veículo, entre o que ensinamos e suas experiências sensoriais, para que não se torne apenas um processo de comunicação. Neste processo de formação, o aluno (futuro coach) precisa pensar, ver, ouvir e experimentar.

Aprender é preciso para converter os dados em informações úteis e, depois, experimentar resultados através da aplicação dos dados e informações. Aí, sim, podemos dizer que ele já tem a experiência sensorial fundamental para começarmos a construção do conhecimento.

Este processo é conhecido como transferência de conhecimento. O fluxo e a velocidade desta transferência intelectual são dependentes do nível de interesse e motivação do aluno. E para que este interesse e motivação sejam despertados, é preciso atingir a via preferencial de comunicação dos alunos, seja ela visual, auditiva ou sinestésica.

Adquirindo conhecimento

A forma mais rápida para a transferência de conhecimento é ter ideias reais, eventos e informações em contextos significativos daqueles que buscam uma formação em coach. Essencialmente para que eles possam associar o conhecimento à vida, transformando, assim, os dados e a informação (material do curso) em experiência (esta atribuída ao professor), para que, juntos, possam formar o conhecimento necessário que desperte a motivação e o interesse do aluno.

E quanto à sabedoria?

O salto final para a sabedoria está nas mãos do aluno. Como o conhecimento novo é usado, só pode ser determinado por aqueles que o possuem. Em suma, esses são os quatro pilares:

DADOS e INFORMAÇÕES – Material do curso, como: apostilas, slides e tudo que pode ser transmitido.

EXPERIÊNCIA – Está ligado ao conhecimento do Master Coach Trainer, responsável pelo curso de formação.

CONHECIMENTO - Conhecimento prático através da experiência sensorial adquirida pelo aluno quando no curso de formação.

SABEDORIA - A utilização criteriosa dos conhecimentos adquiridos em curso e após o desenvolvimento de pratica pós curso. Palavras (dados, informação) permitem a compreensão teórica. A experiência permite que os dados e as informações sejam colocadas em prática, atestando sua validade. Sabedoria é o acumulo de prática, o que permite um desenvolvimento a médio e logo prazo.

As ferramentas de coaching

Acúmulo da sabedoria é muitas vezes realizada através de sentimentos, instintos, intuição e experiências sensoriais adquiridas através da prática. Estas são as ferramentas da sabedoria e as ferramentas básicas do coach de sucesso.

Isto implica a repetição de todo o ciclo de aprendizagem e ferramentas de coaching. Muitas vezes, uma tarefa que realizou com paixão, persistência e paciência. Como você pode imaginar, existem muitos detalhes que se estendem por estes processos.