O que acha de realizar uma dinâmica de grupo para tirar seu time da zona de conforto?

Manter equipes motivadas e engajadas é uma tarefa que exige muita dedicação e, para proporcionar estímulos na busca desse propósito, temos aí uma boa alternativa.

É bastante provável que você já tenha participado de alguma. Elas são muito comuns em processos seletivos, por exemplo.

Mas a sua efetividade não se limita a essa única ocasião. Quer saber mais sobre essas dinâmicas e seus benefícios? Acompanhe o artigo e descubra ainda exemplos de como aplicá-las.

Boa leitura!

O que é dinâmica de grupo?

A dinâmica de grupo é uma atividade aplicada a três ou mais pessoas e tem o objetivo principal de promover a interação entre os participantes.

Essa ferramenta é bastante utilizada por profissionais de Recursos Humanos (RH) e líderes que buscam, além de avaliar o comportamento das pessoas, estimular as equipes a desenvolver as competências necessárias.

Uma dinâmica de grupo pode envolver muitos recursos, mas a grande maioria exige apenas um espaço amplo e engajamento total dos envolvidos para dar certo.

Se aplicada corretamente, pode garantir bons resultados e ser o primeiro passo de um processo de transformação maior, maximizando a performance do time e os resultados alcançados por ele.

Por que fazer dinâmicas de grupos?

Melhora da comunicação, aproximação entre os participantes, união da equipe, exercício da empatia e aumento da motivação. Esses são alguns dos benefícios proporcionados pelas dinâmicas de grupos. A verdade é que são diversos os objetivos que podem ser atingidos.

Cada dinâmica tem suas características e estratégias. Portanto, antes de escolher uma atividade para pôr em prática, avalie o que você espera alcançar.

Dinâmica de grupo: 5 opções

Gostaria de experimentar esses benefícios e promover uma dinâmica de grupo?

Então, não deixe de conferir os exemplos que separamos para você. Lembrando que esse tipo de iniciativa pode ser realizada no ambiente de trabalho, na escola, na universidade ou com outros tipos de grupos.

1. Dinâmica da Ilha Deserta

Essa dinâmica é simples e rápida. Ela tem o objetivo de avaliar a qualidade do relacionamento interpessoal da equipe. Além disso, ao aplicá-la, é possível definir ações de melhoria contínua para o clima e a comunicação no ambiente de trabalho.

Os recursos necessários para a dinâmica são envelopes, papéis e canetas.

  • 1º passo: separe alguns envelopes e, dentro deles, coloque um papel com a seguinte pergunta: ?Se estivesse perdido em uma ilha deserta, quem do grupo você gostaria de ter ao seu lado??.

  • 2º passo: solicite a todos que reflitam sobre a questão e escrevam o nome da pessoa escolhida. Ressalte que não é necessária a própria identificação. Ou seja, a atividade deve ser feita com sigilo.

  • 3º passo: reúna as respostas e some os resultados. Em particular, conte a cada um deles o desempenho que tiveram, detalhando quantas vezes foram citados.

2. Dinâmica do Desafio

Se você quer estimular a sua equipe a enfrentar desafios e manter a motivação sempre em alta, pode apostar nessa dinâmica de grupo. A atividade, além de ser divertida, mostra que os desafios podem ser prazerosos. Para isso, basta enfrentar os medos e arriscar.

  • 1º passo: prepare uma caixa com um chocolate dentro, de modo que não seja possível ver o que há nela.

  • 2º passo: aleatoriamente, escolha um integrante para segurar o pacote. Ele deverá passar para o colega ao lado, e assim por diante, enquanto a música tocar.

  • 3º passo: pare a canção. Nesse momento, quem estiver com a caixa deverá ser desafiado a abri-la. Mas atenção: na verdade, o moderador da dinâmica deve estimular a pessoa a não aceitar o desafio e manter a caixa fechada.

  • 4º passo: repita esse processo por mais três vezes, de modo que ninguém queira abrir a caixa.

  • 5º passo: na quarta tentativa, convença a pessoa com o pacote a aceitar o grande desafio. Então, quando a caixa for aberta, será revelada a surpresa.

3. Dinâmica das Mãos Dadas

A aplicação dessa atividade tem relação direta com o trabalho em equipe. Isso porque ela mostra como é fundamental manter a união para alcançar os objetivos coletivos almejados.

Quando o grupo consegue, entende a importância de trabalhar em conjunto em prol de uma finalidade.

Para fazer, você vai precisar de uma cartolina ou outro papel parecido.

  • 1º passo: posicione a cartolina no chão, ao centro do local onde a dinâmica será realizada. Em volta dela, os participantes devem formar um círculo e dar as mãos.

  • 2º passo: diga ao grupo para memorizar as pessoas que estão ao lado.

  • 3º passo: peça para que os participantes soltem as mãos e caminhem pela sala. Faça isso por alguns minutos.

  • 4º passo: desafie-os a ficarem em cima da cartolina, mesmo que estejam apertados.

  • 5º passo: após essa meta cumprida, estabeleça um novo objetivo: voltar à formação original do círculo, exatamente do jeito que estavam no início.

4. Dinâmica das Afinidades e Semelhanças

A Dinâmica das Afinidades e Semelhanças é uma atividade que proporciona maior integração e união entre os participantes.

Comumente, ao identificar assuntos e características iguais, as pessoas tendem a se aproximarem mais.

  • 1º passo: divida o grupo em duplas ou trios.

  • 2º passo: dê tempo para que eles possam conversar entre si e descobrirem algumas similaridades (características pessoais, gostos musicais, times de futebol, entre outros).

  • 3º passo: depois de encontrar duas ou três semelhanças, peça para anotarem em um papel.

  • 4º passo: abra espaço para que o grupo conte o que achou e comente sobre a conversa que tiveram.

5. Dinâmica da Observação

Com a rotina intensa, por vezes, deixamos de notar algumas coisas e, sobretudo, dedicar tempo às pessoas. Por isso, essa dinâmica tem o objetivo de estimular a observação e a importância de estarmos verdadeiramente envolvidos em nossas relações interpessoais.

Se o grupo for pequeno, você pode preparar algumas vendas.

  • 1º passo: reúna os participantes em um círculo e vende-os. Como opção, peça apenas para fecharem os olhos.

  • 2º passo: faça perguntas relacionadas aos que estão presentes, como: ?quem está vestindo roupa azul?? ou ?quem está de calça jeans??

  • 3º passo: o primeiro que levantar a mão tem a chance de responder. Se ele acertar, ganha um ponto. Se errar, a oportunidade é dada ao próximo. Vence a dinâmica quem tiver mais pontos ao final.

Como o Coaching ajuda na maximização da performance individual e coletiva?

Neste artigo, você viu como a dinâmica de grupo pode ajudar a despertar nas pessoas a reflexão sobre aspectos importantes para a boa convivência e, sobretudo, uma nova forma de agir.

Esse é um processo que não acaba aí. As dinâmicas de grupo servem como apoio nesse propósito. Se a sua ideia é maximizar a performance individual e coletiva, você deve recorrer ao Coaching.

Essa metodologia, que desenvolve competências e habilidades comportamentais, a partir dos objetivos traçados, pode contribuir com o aumento da produtividade da sua equipe, mantendo-a engajada e motivada.

O Coaching parte do estado atual para o estado desejado a partir de um plano de ação que sempre leva em conta os seus objetivos.

Conclusão

Você já sabia que a dinâmica de grupo pode contribuir com o desempenho individual e coletivo? Não deixe de promover momentos assim, mas aproveite cada um deles para buscar algo maior: o desenvolvimento individual e coletivo para atingir resultados.

Para isso, conte com o Coaching, uma poderosa ferramenta de maximização da performance de profissionais e equipes.

Visite o site da SLAC® Coaching para conhecer nossas formações e encontrar aquela que melhor atende aos seus objetivos.

Se preferir, faça contato conosco.

E-book Relacionamento

E-BOOK GRATUITO

Descubra como transformar sonhos em realidade utilizando a metodologia coaching na sua vida!