Muitos daqueles que perseguem sem êxito seus objetivos de vida não sabem o que é empatia.

É possível afirmar isso com segurança, pois estamos falando de uma característica marcante em pessoas bem-sucedidas.

Quando você é empático, se relaciona melhor com os outros, abrevia o caminho para conquistas pessoais e profissionais e, mais do que isso, aproxima-se da plena satisfação nas duas esferas.

Se você quer saber o que é empatia e porque ela é importante, não deixe de acompanhar este artigo até o final.

Boa leitura!

O QUE É EMPATIA?

Empatia é o sentimento de quem é capaz de se colocar no lugar do outro, podendo ser chamada também de compreensão e respeito pelos sentimentos do próximo.

Uma pessoa empática tem capacidade de lidar com a dor alheia e deixar o egocentrismo de lado. Ela faz isso para entender o ponto de vista do outro, exercendo generosidade e tolerância, já que nem sempre somos assertivos em nossas decisões.

As atitudes que tomamos, às vezes, não são adequadas para outra pessoa, embora o egocêntrico considere que suas decisões também devem ser iguais para aqueles que fazem parte do seu convívio.

Algumas vezes, a decepção em um processo de empatia não compreendida está relacionada a um grau de ilusão que ultrapassou os limites.

Outro fator que bloqueia a empatia são os vícios que levam o indivíduo a se fixar apenas no objeto de desejo, impedindo-o de se abrir para o outro. 

É importante salientar que, embora seja uma reação natural das pessoas tentar se afastar das dores físicas ou emocionais, a dor é um alerta natural. Sem ela, não saberíamos piscar para expulsar um cisco dos olhos, nem conheceríamos o sentimento de perda. 

A empatia não existiria se não tivéssemos passado por dores parecidas.

É por isso que estamos falando sobre uma habilidade fundamental para a nossa vida pessoal e profissional.

A IMPORTÂNCIA DA EMPATIA NO TRABALHO

O professor José Roberto Goldim assinala que empatia é olhar com o olhar do outro, considerando a possibilidade de uma perspectiva diferente da sua. 

Por outro lado, a falta de empatia é a desconsideração de pessoas e valores, com bloqueio de diferentes percepções, crenças e desejos. Uma pessoa apática não demonstra sentimentos e emoções. 

Nas empresas, podemos encontrar colaboradores empáticos e apáticos - e é preciso conviver de forma amigável com todos.

Através de ferramentas de recursos humanos, como a Sixseconds®, por exemplo, é possível avaliar a inteligência emocional dos funcionários e compreender suas características.

Os líderes devem observar as atitudes dos liderados, evitando choque de ideias que possam gerar conflitos, desconforto ou mal-estar nas equipes de trabalho. 

Ao ser empático e entender as ações e reações de um colaborador, é possível prever as situações com antecedência. 

Ser chato e exigente não significa ser apático. Essas são características de profissionais que cuidam de suas tarefas com rigor, mas isso não significa falta de sensibilidade com a dor do próximo.

A IMPORTÂNCIA DA EMPATIA NA VIDA PESSOAL

Apesar de escutarmos com frequência a relação da empatia com o sucesso profissional, temos que reconhecer a importância dessa habilidade em todos os sentidos da nossa vida.

Cultivar o hábito de ser empático tem impacto não só para quem é alvo da empatia. Quem pratica também percebe uma sensação de positividade e bem-estar.

Nas relações familiares e amorosas, por exemplo, ao se colocar no lugar do outro e compreender as suas emoções e razões, é comum notar uma mudança no convívio. Afinal, com a empatia, é possível experimentar momentos de mais paciência, harmonia e de tranquilidade.

Vale ressaltar que, mesmo quando não existe uma conexão mais próxima ou um laço afetivo significativo, a empatia pode ainda assim ser adotada. 

Em qualquer comunicação ou interação, ela contribui para que exista confiança e respeito entre os interlocutores.

Pode ser dentro de casa, no trabalho, no ônibus ao se deslocar e em várias situações do dia a dia, com pessoas conhecidas ou não.

Basta experimentar ser mais empático que os benefícios são logo percebidos.

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DA EMPATIA

Ao longo do texto, ao abordarmos a importância da empatia, já mencionamos algumas das principais vantagens de desenvolver essa competência e adotá-la no dia a dia. 

Para facilitar ainda mais a compreensão dos benefícios, elaboramos uma lista. 

Confira agora as principais razões para você ser empático em todas as oportunidades:

- Aproxima as pessoas e favorece o relacionamento entre elas

- Melhora o entendimento em situações diversas

- Contribui com o ambiente e o clima organizacional

- Facilita a formação de relações sólidas e confiáveis

- Promove o exercício da generosidade, paciência e tolerância

- Proporciona assertividade na definição de metas e objetivos

- Propicia a previsibilidade de situações e antecipação aos problemas

- Evolui a busca pela satisfação e realização plena.

EXEMPLOS PRÁTICOS DE EMPATIA NO DIA A DIA 

Falamos até agora da empatia na vida pessoal e profissional. Mas como ela se aplica no nosso dia a dia?

Para facilitar o seu entendimento, vamos refletir sobre uma situação corriqueira.

Então, considere uma conversa entre amigos, como quando um colega confidencia ao outro um desentendimento que teve com um familiar. 

Nessa ocasião, a empatia ocorre quando o ouvinte escuta atentamente o desabafo, coloca-se à disposição para apoiá-lo e contribui com opiniões no momento adequado e conforme abertura.

Ele faz isso sem julgamentos, apenas demonstrando compreender a dor do outro.

Agora, tente imaginar um exemplo no trabalho. 

Vamos supor que você é um profissional que, por conta de problemas diversos, tem tido dificuldade para desempenhar o trabalho com a performance habitual. 

O seu líder, então, de forma empática, o convida para uma conversa e promove um feedback, ouvindo os seus pontos e propondo, em conjunto, algumas ações para que a situação seja revertida.

Sem empatia da parte dele, talvez você só levasse uma bronca, quem sabe até resultando na demissão.

Note como a empatia é benéfica e pode ser praticada em ocasiões distintas. 

No dia a dia, ela pode acontecer durante uma conversa com seu cônjuge ou filho, durante um alinhamento de trabalho escolar ou acadêmico, ao atender um cliente, comprar um produto ou solicitar uma informação.

COMO DESENVOLVER A EMPATIA COM O COACHING

A empatia, como competência essencial no dia a dia, exige certa evolução pessoal para que seja praticada com excelência. 

Isso não significa que ela não possa ser desenvolvida. Pelo contrário.

No entanto, para aprimorar essa habilidade, é necessário um intenso processo de autoconhecimento. 

Para compreender o outro verdadeiramente, você deve conhecer primeiro a si próprio, de modo a identificar os seus propósitos, crenças, comportamentos predominantes, potenciais e vulnerabilidades.

Sendo assim, para tornar-se um ser empático, você pode contar com o apoio do Coaching

A metodologia é focada nas habilidades e comportamentos do indivíduo. Ou seja, com técnicas e ferramentas embasadas cientificamente, a autorreflexão é a base para o processo de mudança e evolução.

A partir dessa análise, um plano de ação é definido com objetivos a serem alcançados. 

Do ponto de partida, ações e estratégias são, aos poucos, executadas, sempre aprimorando os aspectos deficientes e maximizando os pontos fortes.

CONCLUSÃO

Agora que você entendeu o que é empatia, tem tudo o que precisa para desenvolver ou aprimorar essa importante competência.

O que acha, então, de dar o próximo passo?

Visite o site da SLAC® para conhecer nossas formações e encontrar aquela que melhor atende aos seus interesses e necessidades.

Se preferir, faça contato conosco.


E-book Comportamento

E-BOOK GRATUITO

Descubra como transformar sonhos em realidade utilizando a metodologia coaching na sua vida!