O que sua empresa precisa para crescer

Como posso saber se o coaching realmente funciona no ambiente corporativo? Um estudo no Journal of Public Personnel Management constatou que o processo melhorou a produtividade gerencial em 22,4% durante o treinamento e aumentou em 88% o desempenho dos colaboradores.

E como posso medir os resultados de coaching na minha organização?

David A. Fitzhugh, professor de administração de empresas da Harvard Business School, acredita que a qualidade da relação entre líderes e subordinados é um importante indicador de sucesso. Conversando com os subordinados sobre suas necessidades de desenvolvimento, percebemos como esse fator afeta a relação positiva e a grande recompensa que o processo de coaching pode oferecer. Um coach de empresas leva em consideração a visão, a missão e a cultura de uma organização, além dos valores e objetivos profissionais de quem passa pelo processo de coaching. O objetivo é ter certeza de que ambos estão em alinhamento. Isso porque a visão, a missão e os valores da organização, em muitos casos, refletem diretamente esses conceitos de seus fundadores. Quando a visão, a missão e a cultura de uma organização estão alinhadas com os valores de um indivíduo e os objetivos profissionais, o colaborador está comprometido com a organização, é mais produtivo, eficaz e feliz no desempenho de suas funções de trabalho. Ele trata as questões de conservação e produtividade com muita seriedade e comprometimento perante a organização. Em outras palavras, “veste a camisa”.

Os ganhos em implantar uma Cultura de Coaching Corporativo

-Articula organização, visão, propósito, direção, estratégias, metas e ações importantes. Assim, contribui com a assertividade no planejamento estratégico. -Envolve e inclui membros da organização com o objetivo de adquirir a compreensão, respeito, compromisso e emprenho com as metas da empresa.

Alinha metas, equipes, ações e expectativas com as da organização.

-Remove barreiras e fornece recursos. -Promove o feedback. -Desafia e inspira a organização e seus membros individuais. -Desenvolve e faz crescer as pessoas através de um trabalho significativo. -Aumenta o trabalho, a satisfação profissional e a realização pessoal. -Cria uma equipe positiva e produtiva, que oferece o seu melhor e seu potencial em sua totalidade.

O que eu preciso saber para ser um coach corporativo?

Existem diferentes áreas de especialização em coaching. Uma pessoa pode escolher ser um coach corporativo porque quer oferecer seus serviços para os profissionais. Com este tipo de coaching, o coachee (cliente) encontra um coach no qual confia. Assim acontece muitas vezes o processo de coaching de grupo, quando o coach e os coachees se reúnem em datas programadas. Com o objetivo de melhorar e atingir metas profissionais, esses tipos de clientes querem um coach objetivo para responsabilizá-los e fazê-los focar nas ações que os levarão a atingir suas metas.

As habilidades do coach: ouvir, questionar, ter empatia, esclarecer, resumir e desafiar.

Aproveitar os momentos de pico durante as sessões de coaching e, assim, partir para as estratégias de planejamento. Deve saber se promover como um coach corporativo para atrair clientes. Um coach corporativo deve entender os desafios, necessidades e desejos das corporações. Existem algumas organizações que têm coaches de equipes para otimizar o desempenho e implementar ações específicas. Planos de desenvolvimento profissional: este tipo de coaching é mais orientado para o desenvolvimento profissional, e não o pessoal. Seja qual for a organização, esta pode exigir como habilidades: certificações, reconhecimento, indicações e qualificações especificas. Cada organização tem seus critérios para escolher o coach que trabalhará com os seus colaboradores. Às vezes, as organizações começam um trabalho de coaching e logo querem um grupo específico de colaboradores que devem ser certificados como coaches. Este é um longo e intensivo programa de treinamento e desenvolvimento, que requer um trabalho de um Master Coach Trainer, assim, fugindo das práticas anteriores de coaching. Uma coisa é ser um coach, e outra é ser um Master Coach Trainer com habilidade em formar coaches e capacidade para ensinar coaching. Esta é uma habilidade praticada e desenvolvida por anos, que exige a capacidade de criar um programa de formação, bem como apresentá-lo. E que verdadeiramente funcione.

O Master Coach Trainer deve ser capaz de reconhecer se os treinandos compreenderam o material apresentado, bem como o suficiente para aplicar as habilidades, técnicas e estratégias que também devem ser praticadas em sala. Só assim conseguimos mensurar se foram aprendidas. A proximidade e o contato com a organização e as pessoas que estão passando pelo programa de formação também se fazem necessários. Uma compreensão da missão e da visão da organização e objetivos individuais.