Equipes estáveis podem se beneficiar do coaching de muitas maneiras. 

Criar e manter o estímulo para desafiar e refletir sobre tarefas, processos e relacionamentos

A vida numa equipe estável tende a formar as próprias rotinas. Se são confortáveis ou não é algo que depende do nível e da natureza do estresse existente dentro da equipe. Quando a fase é difícil, as pessoas evitam desabafar os pressupostos com base nos quais o trabalho é executado porque, se fizessem isso, teriam a chance de passar por um possível trauma com eventuais mudanças. Quando estão numa boa fase, o incentivo para buscar percepções que induzam mudanças é ainda mais delicado!

A equipe precisa criar tanto um espaço para refletir quanto segurança psicológica, para que possa superar a inevitável força da inércia. Ela pode não ser muito óbvia; de fato, a maior parte do tempo não é. Costuma acontecer, por exemplo, que uma equipe demonstre sinais constantes de melhora no desempenho (aumentando as vendas, ou produzindo mais), sem que isso contribua de maneira significativa para suas metas de longo prazo, digamos, de consolidar uma parcela do mercado. Por exemplo, no mercado crescente de telefonia celular, praticamente todas as equipes de vendas achavam que estavam fazendo um grande trabalho. 

Quando deram de cara com a realidade, mascarada como saturação do mercado, muitas ficaram totalmente atônitas. O coach pode ajudar a equipe a achar tempo para estender o olhar mais além do negócio habitual, combinando momentos em que seus integrantes se reunirão para pensar criticamente sobre suas metas e como almejam alcançá-las. 

O coach da equipe também pode ajudar a equipe a instalar processos nos quais:

-cada membro deve sugerir, pelo menos uma vez no trimestre, um desafio significativo tanto para si como para a equipe;

-sejam criadas oportunidades para que os demais parceiros envolvidos, como os clientes internos e externos, por exemplo, confrontem e desafiem a equipe como um todo.


David Clutterburck em Coaching Eficaz: Como orientar sua equipe para potencializar resultados

Sulivan França
Atual Presidente da Sociedade Latino Americana de Coaching, Sulivan França é Master Coach Trainer por meio da International Association of Coaching Institutes, possui licenciamento individual conferido pelo Behavioral Coaching Institute (BCI) e credenciamento individual junto a International Association of Coaching (IAC) além de Master Trainer por meio da International Association Of NLP Institutes.
Siga-me no   GOOGLE+