Em muitos momentos da nossa vida encontramos barreiras, fins, começos, retomadas, tomadas e decisões. É preciso e necessário enfrentar naturalmente o processo de encerramentos de ciclos. As decisões as vezes podem doer, chatear, alegrar, aliviar, mas de alguma forma, contribuem com sua ascensão a novos andares.