Plano de Desenvolvimento em Competências
As corporações para manterem-se competitivas no mercado necessitam planejar e gerenciar seus recursos organizacionais de maneira estratégica, modernizando seus modelos de gestão e compatibilizando-os às necessidades dos clientes através de processos mais eficientes, efetivos e inovadores que tragam vantagens competitivas.
 
Não é novidade que o recurso mais importante nas organizações são as pessoas, uma vez que colaboradores, clientes, fornecedores e sociedade são P-E-S-S-O-A-S.
 
Dessa maneira, o RH deve estar alinhado ao planejamento estratégico e apoiar as lideranças na gestão, motivação e desenvolvimento de seus colaboradores.
 
No que se refere a esse desenvolvimento, aí incluída a posição de liderança, as empresas necessitam oportunizar essa aquisição e/ou aperfeiçoamento de seus funcionários e, para isso, estruturar um plano de desenvolvimento organizacional. Esse plano precisa estabelecer quais competências são essenciais para a empresa e quais são as competências diretamente relacionadas aos profissionais.
 
As competências essenciais ou fundamentais são as que refletem o business core, ou seja, o negócio da organização, sua missão, visão e valores. É indicado que sejam definidos, no máximo, cinco ou seis competências essenciais da empresa.
 
Já as competências profissionais contemplam as competências técnicas e comportamentais necessárias para execução dos trabalhos. As competências técnicas dizem respeito ao que o colaborador efetivamente executa e as competências comportamentais devem retratar os comportamentos que devem ser exercidos pelos profissionais na execução de suas tarefas.
 
Num trabalho mais aprofundado recomenda-se que as competências comportamentais sejam divididas em comuns ou gerais (que direcionarão o comportamento de todos na organização) e as competências gerenciais (que darão as diretrizes para os que assumem papel de liderança), podendo esta última, ainda, ser subdivida considerando a complexidade do nível de gestão.
 
Todas essas definições são essenciais para a elaboração de um plano de desenvolvimento baseado em competências, pois desenvolver as competências necessárias à consecução das estratégias traçadas pela empresa e enfatizar o desenvolvimento das pessoas nas reais necessidades organizacionais, permitindo que os profissionais aproveitem as oportunidades de aprendizagem a partir das interações no ambiente de trabalho, é o que se espera de um bom plano.
 
Além disso, o plano de desenvolvimento deve promover ações de aprendizagem alinhadas às estratégias de negócio e às atividades dos profissionais, proporcionando formações permanentes, de impacto, criando uma cultura de alto desempenho, estimulando o desenvolvimento das pessoas, visando ao cumprimento da missão da empresa, ao permitir que os colaboradores detenham conhecimentos, habilidades, atitudes que gerem entrega e possibilitem o alcance dos objetivos e metas estratégicas.



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.