Lembra da história da Ana que eu contei no artigo anterior? Se você não leu ou não lembra clica aqui para ler agora.

 

Bem para você que ficou curioso em saber quais passos a Ana deu em direção a dar um up na carreira dela, segue abaixo as minhas 8 dicas de ouro para você atingir essa meta ainda em 2018: 

 
1. Não culpe a empresa ou terceiros sobre o seu estado atual.
Tenha a consciência de que os resultados sejam eles positivos ou negativos só dependem de você e de suas ações.

 2. Avalie os valores da empresa. Esses valores estão alinhados aos seus valores pessoais? Há verdadeiras chances de você assumir a posição que deseja ou há fatores limitantes?

 3. Calibre com o seu GPS interno: Defina aonde quero chegar? Dedicação e ação sem uma estratégia bem definida, sem metas claras, e sem constância de nada valem o investimento de energia, tempo e dinheiro. A ação deve ser direcionada e constante para atingir o resultado esperado.

 4. Que imagem profissional quero construir? Que imagem profissional estou demonstrando com minha comunicação, minhas atitudes, meu modo de vestir? Está alinhado com o que a cultura da empresa ou com o que ela espera de alguém na posição desejada? Como a empresa me enxerga? Como meus colegas e pares me veem? Como eu me percebo?

 5. Incorpore o conceito de marca. Você deve gerenciar a sua marca pessoal que vai muito além da sua “carreira”. Produza ou compartilhe conteúdo relevante sobre sua área de atuação na sua rede profissional e pessoal. Procure obter feedbacks 360 graus informais sobre seu desempenho com frequência. Seja cuidadoso com o conteúdo que você curte, compartilhe em todas suas redes sociais. Cada vez mais as empresas estão analisando o seu perfil nas buscas do Google, e nas redes sociais para conhecer quem você é.

 6. Networking. Participe de eventos, amplie sua rede de contatos, conheça pessoas de áreas distintas, seja a ponte, desenvolva relações verdadeiras de colaboração mútua não somente em momentos de crise.

 7. Intraempreenda. O mercado de trabalho mudou, porém, esqueceram de avisar a todos os funcionários. Se você ainda não ouviu esse termo, então prepare-se, pois ele vai determinar o futuro da sua carreira. Agir como dono do negócio, buscar parceiros estratégicos, exercer liderança informal, ser capaz de ter novas ideias e não apenas agir no modo "automático", inovar para reduzir custos são algumas das características deste novo perfil de funcionário que as empresas esperam. 

 8. Atualização. É a palavra-chave para você estar preparado para o mundo 4.0. Leia conteúdo de qualidade, converse com profissionais de outros segmentos, participe de cursos sobre temas atuais e relevantes, pesquise na internet sobre as tendências, entenda as mudanças que já estão acontecendo na tecnologia aqui no país e no exterior,e avalie como ela pode impactar sua vida e a sua profissão. E claro, além de atualizar o seu perfil no LinkedIn, crie ou compartilhe conteúdo relevante da sua área.

 E não esqueça que você pode contar com a ajuda de um profissional especializado para te ajudar a redefinir um novo caminho na sua carreira.

 Não importa o momento, planeje, execute, avalie, reavalie e se for necessário recalcule a rota, mas por favor, não desative o seu GPS. 
 

Transforme sonhos em realidade

Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.