“Descobrir o potencial de um índividuo para maximizar sua performance. É ajuda-lo a aprender ao invés de ensiná-lo.” É assim, que o livro ‘’Coaching para Performance’’ (2006) escrito por John Withmore, carrega consigo uma definição sucinta porém, muito pertinente que nos remete à ideia central dessa metodologia.

O Coaching tem sido amplamente discutido nos dias de hoje, e visa tanto a melhoria de aspectos pessoais, quanto profissionais da nossa vida.Constituindo um processo terapêutico, o Coaching proporciona ao coachee um avanço emocional, e partindo do pressuposto de que as melhores respostas, caminhos, e possibilidades de desenvolvimento estão dentro do próprio coachee, a metodologia incentiva ao empoderamento e a emancipação pessoal.

Mas afinal, como podemos utilizar essa metodologia, tão rica e poderosa, para potencializar nossa liderança e alcançar resultados cada vez melhores, de maneira rápida? A resposta para essa pergunta é: Adotando uma postura de liderança coach, ou seja, ser um líder coach.

O líder que se beneficia dessa metodologia, além de conservar todos os benefícios de uma liderança eficaz, consegue, também, criar equipes de alta performance, ou seja, equipes auto lideráveis, que não necessitam de um acompanhamento constante. O líder coach, é um líder que, além de focar nos resultados, foca, no desenvolvimento de seus liderados, não criando seguidores, e sim, novos líderes.

Entre as competências de um Líder Coach podemos listar:

- Escutar atentamente o liderado com o objetivo de compreender realmente suas necessidades

- Fazer perguntas ao liderado, que estimulem pensamentos com propósito

- Motivar o liderado a se desenvolver

- Direcionar o Liderado para ações mais eficazes

- Dar Feedback, para reconhecer, desenvolver e aumentar a performance do liderado

O líder coach, visita o mundo do liderado, para que possa entender melhor, o que ele precisa para se desenvolver e o que o inspira a estar motivado.

Então, como podemos desenvolver essas competências em nós mesmos para potencializar nossa liderança?

Bom, isso já é assunto para um próximo artigo.

Nos vemos por aqui.

Grande abraço!



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.