Desenvolvimento de pessoas no Trade Marketing
A área de Trade Marketing dispõe de informações históricas sobre o produto, que associadas ao conhecimento do mercado e da categoria viabilizam domínio da estratégia. Cada vez mais torna-se indiscutível a representatividade do papel e a importância estratégica do Trade Marketing para a indústria e os canais de venda. 

Neste sentido, as agências especializadas posicionam-se como importantes parceiros de negócios na construção das marcas. Mesmo frente ao atual cenário econômico brasileiro e mundial, é possível observar forte tendência no crescimento de oportunidades para o varejo, empresas e marcas. Neste contexto, o desenvolvimento de pessoas, surge como pilar fundamental para esta engrenagem.
 
Atualmente, observa-se grande tendência na condução de testes comportamentais e psicológicos com objetivo de identificar perfis. Acredita-se que a identificação dos gaps comportamentais e de performance existentes, consiste em um importante passo no diagnóstico da realidade da empresa. Entretanto, pesquisas mostram que a identificação de pontos a desenvolver quando não acompanhadas da indicação de como resolvê-los pode gerar angústia e desmotivação na equipe.
 
Empresas retraíram investimentos em desenvolvimento e Coaching, mas os profissionais não, fortalecendo a percepção de que suas carreiras são indelegáveis. Existe aumento de pessoas interessadas em estratégias que os apoiem a acelerar suas carreiras e potencializar resultados, principalmente fundamentadas na frequente prática do mercado de Trade Marketing em promover profissionais baseando-se em uma meritocracia equivocada, onde profissionais altamente competentes no quesito técnico são levados a posições de gestão sem o devido preparo. 

Acontece que estes profissionais possuem mérito para estarem onde estão, mas não foram preparados para assumir um próximo nível, o que faz com que muitos deles sejam demitidos pouco tempo depois.
 
A solução para este cenário é a implantação de programas de treinamento que objetivam desenvolvimento contínuo dos profissionais. A justificativa para tal, é pautada na premissa de que treinamentos pontuais podem ser úteis para atualização de informações, treino de técnicas específicas e até mesmo para integração do grupo. 

Situações muitas vezes incongruentes com o cenário de Trade Marketing, que exige atualização constante da estratégia e desenvolvimento de diferentes habilidades comportamentais para atingimento de metas, cada vez mais desafiadoras. Ressalta-se que o desenvolvimento comportamental e emocional difere do desenvolvimento técnico e um não anula o outro, pois ambos são necessários e até mesmo complementares.
 
Por meio de treinamentos comportamentais e Coaching, apoia-se o desenvolvimento humano com processos inovadores, embasados em autoconhecimento e desenvolvimento de habilidades comportamentais. Em parceria com a liderança, facilita-se o desdobramento das estratégias à equipe de campo, potencializando no gestor a visão estratégica por meio de planejamento e organização para otimizar os resultados.



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.