A liderança não deve ser um exercício de solidão
Um dos primeiros conselhos que me deram sobre liderança foi que eu me preparasse para a solidão que ela traz. Era o conselho, muito bem-intencionado sem dúvidas, de um gestor muito experiente. Eu ouvi, e nos meus primeiros passos como líder, eu tomei o cuidado de sempre manter uma certa distância de todos, da minha equipe, das outras equipes, dos meus pares.

Alguns anos depois, estou aqui para desafiar essa máxima. Será mesmo que a solidão é consequência de ser líder

Com o passar o tempo, fui fazendo testes e percebi que não é preciso ser sozinho para ser líder, na verdade não dá para ser sozinho para ser líder. É preciso estar próximo da sua equipe, contar com pares que possam servir como "conselheiros" vez ou outra.

A jornada do líder não pode ser solitária jamais, uma vez que seu papel é conduzir a sua equipe rumo ao objetivo. E não se conduz ninguém efetivamente se você decidir caminhar sozinho.



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.