Você é o ator principal da sua vida? Respeita suas verdades e sentimentos? Age de acordo com seus princípios e essência?

O cotidiano da vida nos coloca em armadilhas constantes e se não tomarmos cuidado, algumas vezes, negligenciamos a nossa voz interna, nossos desejos e sonhos. 
Transforme sonhos em realidade

Ser protagonista significa responsabilizar-se cem por cento pela própria vida! Significa fazer escolhas todos os dias! Significa assumir o comando do próprio “barco”! Ser protagonista significa dar voz aos seus sentimentos, verdades, crenças e sonhos! Significa respeitar a sua essência e seu SER!

Nesta minha jornada descobri que muitas das causas de dores e infelicidades estão na distância que tomamos de nós mesmos em prol de um cotidiano e das exigências a que nos submetemos no nosso dia a dia.

Esquecemos-nos de ser, de sentir, de sonhar, de realizar; esquecemos-nos de perguntar para nós mesmos o que queremos e em que acreditamos. Vamos vivendo. Aceitando os desafios da vida.

Amor, alegria, raiva, tristeza, coragem, medo, vergonha, confusão, potência, impotência... Tudo isso acontece dentro da gente! E o que fazemos com esse turbilhão de sentimentos e emoções que nos acompanham em nosso dia a dia? Como lidar com eles? O que devemos fazer quando sentimos raiva, tristeza e amargura? E quando sentimos alegria, amor e coragem?

Passamos a maior parte do tempo camuflando nossos sentimentos porque não nos parece correto falar sobre eles. Não fomos ensinados a lidar com nossos sentimentos e emoções. Ensinaram-nos o que é certo e o que é errado, o que podemos e o que devemos fazer, mas e nossas emoções, o que fazemos com elas?

Passamos a vida negando nossas emoções e não nos damos conta que isso vai nos retalhando, vai nos trazendo dores e tristezas, nos tornamos um vulcão a ponto de explodir a qualquer momento. Vamos nos afastando de nós mesmos e das pessoas; tornamos-nos mais irritáveis e violentos.

Os sentimentos são nossos orientadores e aliados na vida se nomeados, reconhecidos e problematizados. Você nomeia, reconhece e problematiza seus sentimentos? Quando fazemos o exercício da auto-observação vamos entrando em contato com nossos sentimentos e a partir das problematizações que criamos podemos assumir o protagonismo na vida!

Ser protagonista da própria vida é uma tarefa que exige determinação, foco, verdade e autenticidade!

A vida é movimento constante e a cada dia somos convidados a fazer escolhas e decidir!

Tomamos decisões todos os dias, a cada minuto, a cada nova situação. Escolhemos rir ou chorar, andar ou ficar parado, ir para frente, para a direita ou para a esquerda, decidimos andar ou correr, decidimos o que comer, o que fazer e como SER!

Na maioria das vezes reagimos aos fatos e circunstâncias da vida e quando isso acontece fica difícil nos responsabilizar pelo cenário que criamos.

Mesmo diante de situações adversas a nossa vontade podemos decidir como agir diante dos fatos. Se a vida apresentou um desafio ou uma dor há duas possibilidades: chorar a dor sentida e ficar paralisada (o) ou chorar a dor e ir em frente olhando para as possibilidades que têm de aprender. Tarefa fácil? Não, não é! Mas quando podemos escolher de forma consciente fica mais fácil assumir a responsabilidade pela vida e fortalecer o exercício do protagonismo.

Observe seu cenário e atitudes ao longo de um dia. Que escolhas você fez? Suas escolhas determinam um cenário e essa observação pode contribuir para assumir essa responsabilidade!

Experimente! Observe-se! Descubra-se!

E honre a pessoa que existe dentro de você e sua capacidade para protagonizar a vida!



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade da autora identificada abaixo.

  1   0

Maria Amália Forte Banzato

Life Coach

Formação em Psicologia, Especialista em Psicologia Social na coordenação de grupos operativos, Fundadora e diretora do Espaço Integrar, Docente nos cursos de formação para Liderança no Espaço Integrar, Consultora Institucional, Professional Coach certificada pela SLAC e Analista DISC.