Será que é tão doloroso e difícil assim ir atrás do que eu quero, do meu "caminho com coração", mesmo sabendo que a recompensa será maior a longo prazo do que as pedras e obstáculos que eu encontrarei durante a minha jornada?

Transforme sonhos em realidade
Hoje essa luz de pensamento foi acesa em mim novamente e me fez concluir o seguinte: no fundo, todos nós sabemos o que nos motiva, qual é o nosso combustível e qual é o nosso propósito. Mas somos tão cobrados pela sociedade e guiados pelo mecanicismo da vida moderna e competitiva, que não nos permitimos mais olhar para dentro de nós mesmos e repensar o que queremos fazer para o resto da vida (que é maior do que qualquer bem material e é atemporal, inerente a qualquer idade, local e estado físico).

Recomendo sempre: quer iniciar qualquer mudança, transição, quer se reencontrar, conhecer seus pontos fortes e olhar para as oportunidades de melhoria? Então, pare, invista em si mesmo, se conheça melhor, relembre suas maiores conquistas e melhores características, tire vantagem de seus pontos fortes e trace o caminho da sua customizada felicidade (ela é única, é sua, assim como você!).

Sugira programas de autoconhecimento e engajamento na sua empresa após essa experiência de olhar para si mesmo, vamos humanizar um pouco mais a nossa vida, vamos humanizar as relações cotidianas e vamos fazer isso despidos de qualquer preconceito, julgamento, regras e máscaras.
 
Vamos ser pessoas inteiras, vamos mostrar interesse pelo outro, vamos fazer fluir a essência do relacionamento humano, que é a conexão entre as pessoas. Vamos praticar comportamentos livres de interesses e vamos ter atitudes de empatia com as outras pessoas. Sendo assim, mais naturais, mais verdadeiros, mais humanos, o mundo só tem a ganhar. E essa é uma luta interna, que começa dentro de nós mesmos. 

Mudar o nosso modelo mental, antes de julgar e apontar para o outro, é isso que eu RECOMENDO. É uma receita caseira e universal, basta ter bom senso e força de vontade, pois nenhuma mudança acontece sem uma crise, seja ela de identidade, valores, crenças ou interesses.

Eu sugiro esse exercício diário: nos conhecer melhor e esclarecer qual o nosso propósito, qual o sentido do que estamos vivendo e para onde vamos, que caminho queremos seguir. Sem mistérios, eu sugiro apenas um "caminho com coração"!


Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade da autora identificada abaixo.

  0   0

Gabriela Ferreira de Almeida

Life Coach

Apresentação profissional: Coach de Vida, Carreira e Organizacional para Pessoa Física e Empresas. Psicóloga Clínica com CRP ativo: São Paulo: 110808/06. Consultora de RH para implantação da área de T&D, R&S, além de programas de trainee e estágio. Facilitadora de Treinamentos para públicos de todos os níveis hierárquicos.