O que são nossas frustrações senão o não cumprimento das expectativas que nós próprios criamos? E por que criamos tais expectativas?

Pois bem, eu acredito muito que todos sofrem da “síndrome da expectativa”. E é normal, afinal, como começar um relacionamento sem imaginar que pode dar certo dessa vez? Mas o problema em questão são as expectativas exageradas. Depois de um primeiro beijo, a pessoa já está fazendo a lista dos padrinhos e madrinhas, vamos com calma. Aí você me dirá: “Então, eu tenho de ser frio?” Nem muito ao céu, nem muito ao inferno. Mas é importante que aprendamos a criar expectativas reais.

Eu sonho em ser dono de uma empresa, tenho 17 anos e nem me formei no ensino médio, diriam pra mim, vai estudar moleque e construa seu futuro. A questão não é o seu destino, e sim, que caminho você está disposto a seguir? E ainda mais, quanto você está disposto a caminhar? Preciso de doutorado? Steve Jobs nem formado era. Preciso de experiência? Hoje vemos inúmeros adolescentes iniciando negócios prósperos na internet, sem nem ao menos terem tirado seus aparelhos dentários. Qual a diferença entre eles que conseguiram e de você que amarga aquela sensação de que deveria largar seu emprego atual, mas tem medo de não pagar as contas?

A diferença é que eles sabiam realmente aonde estavam. Realmente. E sabiam que tinham um longo caminho a percorrer e estavam dispostos a caminhar até fazer bolha nos pés. E foi o que fizeram. Obviamente, esses caminhos podem ter vários atalhos, sua formação, sua experiência, sua intuição, mas isso é algo pessoal. O que quero dizer é: tenha o hábito de questionar seu caminho sem julgamentos tendenciosos ou críticos demais.

Seja realista! Analise as opções, e concomitantemente com essa análise, formule ações. Já dizia um pensador: a felicidade tem uma equação simples que é igual a expectativa menos realidade. É teoricamente simples, mas essa conta tem de ser refeita todos os dias. Essa rotina irá lhe dar a plena consciência de aonde você está, que caminho deve escolher, e o quanto tem de se preparar para a caminhada. Se deve separar um protetor solar e um cantil cheio, ou construir um catamarã e se preparar rumo ao Pólo Norte.
Transforme sonhos em realidade



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.

  0   0

Lucas Montagnana

Life Coach

Graduado em Educação Física pela UNESP de Rio Claro. Especialista em Treinamento Resistido na Saúde, na Doença e no Envelhecimento pelo Instituto Biodelta em parceria com a FMUSP- Faculdade de Medicina da USP. Atuando como coordenador técnico e gestor de comportamentos. Acredita que a Atividade Física é a ferramenta mais rápida e eficaz de causar mudanças em todos os campos da vida de qualquer um.