É claro que, se fosse na vida real, seria um desrespeito. No caso de uma comédia sem compromisso com a realidade, porém, está tudo certo. Esse trecho veio à minha mente quando decidi que iria escrever sobre ter coragem para quebrar algumas “regras”.

Quem disse que é preciso comprar casa, fazer festa de casamento e ter filhos, tudo ao mesmo tempo? A ajuda não vem na mesma dose do julgamento, não é mesmo? De vez em quando, penso que é preciso sapatear em locais proibidos por alguma convenção social tola.

Na carreira, não é diferente. Há uma cena do filme “Ratatouille” em que Colette Tatou ensina Alfredo Linguini a trabalhar numa cozinha. Ela afirma que as receitas do chef Gusteau sempre trazem algo inesperado. Ele anota: “Sempre trazer algo inesperado”.

A cozinheira o interrompe e diz: “Algo inesperado é com o chef Gusteau. A gente segue o que está na receita”. Então, o menino apaga a anotação anterior e aceita o ensinamento tido como correto: “Seguir o que está na receita”. É comum ouvirmos afirmações parecidas no dia a dia.

Mas será que o chef Gusteau se tornou quem foi dessa forma? Duvido muito. A sociedade vai nos empurrar, o tempo todo, essas lições. Precisamos ter um belo filtro e saber separar os bons conselhos daqueles que não nos levam a lugar algum.

Tenha coragem para partir rumo ao próximo degrau. Em “Ratatouille”, o chef Gusteau escreveu um livro chamado “Qualquer um pode cozinhar”. Ele era muito bem-sucedido e queria motivar outras pessoas a se juntarem a ele. Sem medo de sombra.

Um dos principais pontos do filme é quando o crítico de gastronomia Anton Ego publica o texto dele: “No passado, eu não fazia segredo quanto ao meu desdém pelo famoso lema do chef Gusteau (‘qualquer um pode cozinhar’)”.

Ele prossegue: “Mas eu percebo que só agora eu compreendo realmente o que ele queria dizer. Nem todos podem se tornar grandes artistas, mas um grande artista pode vir de qualquer lugar”. A crítica é realmente emocionante.

Se a sociedade disser para você seguir a receita, faça como o ratinho Remy. Ignore e crie pratos espetaculares. Experimente novos temperos, novas misturas. A vida é muito curta para que a carne seja temperada só com sal ou para pedir Xis Salada sem tomate e alface.


Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor do post identificado abaixo.

  0   0

KHALED SALAMA

Master Coach

Khaled Salama é jornalista, executivo, palestrante e coach. Escreve semanalmente sobre mundo corporativo para diversos veículos de comunicação. As palestras são nas áreas de atendimento ao cliente, trabalho em equipe, liderança e motivação. Para a trajetória completa e mais informações, acesse o site: www.khaledsalama.com.br.