Invista no seu desenvolvimento
Estamos na era em que as pessoas não têm mais o bom senso de respeitar o espaço e tempo do próximo. Os contatos virtuais parecem substituir os reais. Você recebe o mesmo vídeo pelo menos dez vezes, as mesmas piadas, comentários e ainda é preciso lidar com a frustração de algumas pessoas quando são supostamente ignoradas.

Uma pesquisa realizada por uma empresa norte-americana mostra que, em média, gastamos nada menos do que 2,42 horas por dia olhando para a tela de nossos smartphones. Grosseiramente são mais de 800 horas anuais. Vamos considerar que o ano tenha 8760 horas. Então, estas horas na internet representam mais de 9% do seu tempo de vida anual.

Então, você pensa “mas eu gosto do mundo virtual”. Sem problemas. Aproveite seu tempo virtual com coisas interessantes. Utilize os 9% das suas horas anuais de vida com algo que apoie seu desenvolvimento.

Sem essa de ser refém do WhatsApp. Usar sim. Mas procure ser o dono da tecnologia e ter vontade própria. Estar online não significa estar à disposição. Letras garrafais nem sempre são gritos de raiva e um emoji pode ter várias interpretações diferentes. Caso alguém não te responda imediatamente, desencana. A pessoa pode estar muito ocupada ou talvez, a sua urgência não seja a dela.

Isso significa que não adianta você mandar várias vezes a mesma mensagem. Ah! Ainda temos os áudios. Talvez eles não possam ser ouvidos no momento do recebimento.

Nem sempre uma “ignorada virtual” significa não ser amado, respeitado, querido e assim por diante. Agora, se for isso mesmo, vale a pena o estresse? Até quando você deseja mendigar atenção virtual? Que tal buscar por mais contato de verdade?

Invista no seu desenvolvimento e utilize a era digital a seu favor, buscando formas de estar sempre em constante evolução. Não vire refém de uma plataforma social.



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.