Ultimamente tenho escutado as pessoas dizerem se sentirem perdidas dentro desse mundo para o qual elas não foram preparadas.

Desde o início dos tempos, as coisas sempre mudaram, mas nunca com a constância e a amplitude que temos acompanhado no século XXI. Zigmunt Bauman já havia anunciado, na virada do século, o Mundo e os Sentimentos Líquidos onde não havia estabilidade. Já não se fazia nada para durar, desde eletrodomésticos até as relações humanas.

Mas recentemente passamos a ouvir a expressão Mundo VUCA, que sinaliza um ambiente volátil (Volatility), incerto (Uncertainty), complexo (Complexity) e ambíguo (Ambiguity). É neste tipo de ambiente que os indivíduos precisam tomar decisões, e aí sentem-se perdidos, não conhecem as novas regras e não conseguem conviver com a nova geração que chega no mercado de trabalho.
Transforme sonhos em realidade

Os valores no século XXI também passaram por uma revisão na priorização, assim como o questionamento sobre o propósito pessoal e se está alinhado com o que faz como trabalho. As características desse novo mundo têm acabado com profissões e exigido novas habilidades para a sobrevivência no mercado de trabalho. 

Os executivos e profissionais liberais sentem a necessidade de se reinventar, mas não sabem ao certo o que fazer ou por onde começar. Líderes encontram dificuldade na nova dinâmica do mercado, que é muito mais ágil.

Este é o seu cliente, bem-vindo ao jogo!

Temas e conceitos como valores, propósito e meta não estão restritos ao seu espaço de atendimento de coaching, mas estão presentes nas redes sociais e seu cliente ainda pode buscar no Dr. Google. E em alguns casos, seu cliente chega muito mais preparado do que você poderia esperar. Ele quer resultados imediatos. Ele compreende esse vocabulário e está pronto para questionar.

Estar atualizado em relação às novas tendências e comportamentos sociais e profissionais deve ser uma preocupação contínua do coach, para que ele possa compreender as angústias de quem o procura e para que possa fazer perguntas produtivas, gerando reflexão interna por parte do coachee e informação relevante para o coach, a fim de apoiar o coachee a alcançar a sua meta.
 
Prepare-se!  Leituras diversas, observação de comportamento e conversas variadas com pessoas de diversas idades e formação ajudam a abrir seus horizontes.

Vamos lá, mãos à obra! Um novo ano está aí e a “sorte” favorece os que estão mais preparados.



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.