Quantas mudanças que prometeu fazer em 2017 você já abandonou?

E aquelas que nem começou porque está ou voltou de férias agora e já se esqueceu?

Todo ano é a mesma coisa, fazer promessas de mudanças, objetivos e ter uma vida nova/melhor que não duram até fevereiro. No máximo até março.

E porque isso acontece, afinal? Se o desejo de mudança existe porque a maioria das pessoas falham em atingir suas metas?

Basicamente são 03 motivos:

1) Hábitos. Alguns neurocientistas dizem que se muda um hábito em 66 dias, outros dizem que são 21 dias. De qualquer forma, é unânime que precisa mudar suas ações de forma consciente no dia a dia para que se tenha os resultados esperados. Como mudar: faça uma lista dos hábitos que deseja abandonar e dos que deseja iniciar. Planeje como deseja iniciar os novos hábitos e comece. Não na segunda, quando fizer isso ou comprar aquilo. Comece agora, com o que você tem. Para abandonar hábitos nocivos a melhor dica é: pare de fazer. Simples assim, pare de fazer o que não quer ou o que não te faz bem. Torne seus hábitos conscientes e pare de uma vez. Você consciente é muito mais forte que seu inconsciente, acredite.

2) Motivação. A palavra quer dizer motivo + ação, ou seja, precisa de um motivo para ter uma atitude. É por isso que mesmo querendo alcançar algo muitas vezes não saímos nem do lugar. A motivação pode ser externa, quando fatores nos obrigam a agir (como uma demissão, separação ou problemas de saúde) ou pode ser interna, quando percebe-se que é necessário mudar ou fazer alguma coisa antes que uma consequência grave aconteça. O processo de consciência pode ser simples, olhando para sua vida e pensando racionalmente nas coisas que deseja mudar e não consegue, ou pode ser mais profundo, analisando causas, traumas, crenças limitantes, valores distorcidos, etc. e aí uma ajuda profissional é necessária (terapia convencional, alternativa, coaching ou qualquer outro método). Mas é certo que para se sentir motivado a fazer uma mudança e manter o foco é preciso de motivação, de metas claras e reais (possíveis de se alcançar). Tem que ter um propósito ou vai acabar desistindo na primeira desculpa encontrar.

3) Planejamento. Planejar é uma das melhores formas de ter clareza sobre as coisas, em qualquer área da vida. Ter um propósito no que deseja alcançar, os motivos para buscar esse resultado e metas claras para chegar até ele. Planejar o caminho, as ações, os recursos necessários, o tempo que levará, as alternativas para eventuais mudanças ou falhas e o prazo final. Quanto mais específico for o planejamento, mais fácil será de seguir.

Isso nada mais é do que o princípio da metodologia Coaching e por isso funciona tanto. Clareza no propósito, motivação, metas definidas, ações constantes. Em 04 anos, nunca vi uma pessoa falhar. Já vi desistir por não ser o momento, por não se sentir preparado, por medo. Esse é o responsável em 90% dos casos.

Medo de mudar, de fracassar, de dar certo, do desconhecido, do sucesso, de ganhar dinheiro, de separar, de casar, de ter um novo emprego, de ter filhos, de não conseguir...

Por isso antes de estabelecer uma meta, tenha certeza que está preparado para alcançar aquele resultado, se não existem crenças limitantes que estejam te impedindo de chegar lá. Ou qualquer outro motivo que acredite ser verdadeiro.

Imagine passar a vida fugindo das mudanças que deseja mas tendo que se adaptar às mudanças que surgem contra sua vontade (quase sempre negativas). Planejar e promover mudanças faz com que você seja o protagonista da sua vida pois é você que decide o que, quando e como. Você é único responsável pela sua vida, então faça valer a pena.

Claro que as decisões e mudanças podem (e devem) ser tomadas a qualquer momento, mas aproveitar esse ano novinho em folha pra começar a ser feliz dá um ânimo a mais, não é?

FAÇA seu ano ser novo.

Desejo sorte e sucesso!