Quantos projetos nós sonhamos ao longo de nossas vidas? Quantos destes deixamos para trás antes mesmo de começarmos, por acreditar que não vão dar certo? Isso acontece porque na maioria das vezes não acreditamos em nossa capacidade e vamos, ao longo da nossa vida, construindo crenças limitadoras sobre nós mesmos. Baseadas em experiências que não deram certo, essas são crenças que nos limitam a visão da vida, nos reduzem as possibilidades, as capacidades, o poder de transformação e de crescimento. São crenças que nos impedem de obter melhores resultados, alcançar nossas metas e realizar nossos sonhos.

Por várias vezes muitas das pessoas que nos cercam como amigos, família, colegas de trabalho, elogiam e exaltam qualidades em nós que, se tivermos crenças limitadoras ao nosso respeito, não serão absorvidas, na verdade acharemos que estão nos considerando muito além do que realmente somos e desacreditaremos dos elogios recebidos. Se mantivermos esse comportamento, realmente ficará difícil levar a frente algum projeto sonhado. Então o que fazer?

Um trecho da música “Mais uma vez” do conjunto Legião Urbana diz: “Se você quiser alguém em quem confiar, confie em si mesmo. Quem acredita sempre alcança...”. Antes de tudo precisamos acreditar em nós mesmos, que somos capazes de realizar qualquer sonho, utilizando nossa força interior, nossas competências, ou seja, os conhecimentos adquiridos, nossas habilidades (a arte de pôr em prática esses conhecimentos), e as nossas atitudes, que são a iniciativa e a pró-atividade.

Para mudar essas atitudes limitantes e seguir em frente na busca dos sonhos, planejando e traçando metas reais, é necessário mudar a forma como nos enxergamos e acreditar no nosso potencial interno. Existem várias formas de começar a mudar a maneira como nos vemos, e isso não será possível se não houver uma mudança de mente, de pensamentos positivos expressados através de atitudes positivas.

Podemos listar aqui algumas atitudes que permitirão a mudança quanto à autovisão limitadora em direção à uma visão otimista e, assim tornar possível a retomada de todos os projetos, sonhos e metas abandonados antes mesmo de seu início.

1 – Resgatando as memórias positivas - Antes de dizer que não consegue algo, lembre-se de suas conquistas, tente listar em um papel todas as conquistas que obteve em sua vida e que foram alcançadas com o seu esforço pessoal. Depois de listá-las todas, separe a conquista mais difícil, aquela que lhe deu mais trabalho e que exigiu mais esforço, mas que ao final, lhe proporcionou uma maravilhosa sensação de vitória.

Essa conquista é a prova de que se você foi capaz de alcançar algo bastante difícil e complicado uma vez em sua vida, e que você também é e será sempre capaz de conquistar tantas outras se empregar o mesmo esforço e dedicação necessários para tal.

2 – Tirando os sonhos da cabeça e colocando-os no papel - “Se podemos sonhar, também podemos tornar nossos sonhos realidade.” (Walt Disney). Para tornar sonhos em realidade é necessário tornar algo imaginário em algo real e isso só é possível quando transformamos o sonho em meta, com dia, local e hora para acontecer. Se isso não for feito, continuaremos sonhando, sonhando e sonhando...

Pense, qual é o seu sonho? Ponha no papel, escreva mesmo, o que você quer? Quando Quer? Aonde quer? Como quer? Então, perceba o que é necessário fazer para chegar lá? Qual é o plano de ação? Existe alguma competência que você precisa adquirir para realizar seu sonho? O que é necessário ser feito? Ponha no papel, estabeleça prazos. Lembre-se: você é capaz de alcançar o que deseja, se tiver a capacidade de agir em direção ao que acredita e deseja.

Certa vez ouvi alguém lamentado o fato de, em oito anos de empresa, ainda não ter conseguido realizar seu sonho de ser promovido à coordenador de equipe, ele sonhava com isso desde o dia em que entrou na mesma, era o seu objetivo profissional. Contou nessa conversa que se imaginava liderando a equipe, vestindo o uniforme de coordenador, inclusive via até a “plaquinha” com seu nome na porta da sala de coordenador. Curiosa eu lhe perguntei o que era necessário ser feito para conquistar o referido cargo, o que ele havia feito nesses anos para alcançar o seu sonho e se havia traçado uma meta com a lista de tarefas/ações que, se cumpridas, o fariam caminhar em direção à realização do mesmo. Então, ouvi a seguinte resposta: “- Nada pode ser feito. Existem pessoas melhores que eu nas equipes, eu nem sou tão bom assim. Outra coisa, esse negócio de traçar metas e fazer lista de coisas é muito complicado, prefiro seguir esperando a oportunidade chegar, se ela tiver que chegar, vai chegar!”.

Alguém que não transforma seus sonhos em metas reais, que não cria um plano de ação, que não identifica o que deve ser feito para alcançar seus objetivos, jamais sairá do lugar. Quem não planeja sua vida e a deixa ao sabor do acaso, não pode reclamar que não consegue realizar o que quer. Realizar é uma palavra que exprime ação. Realizar sonhos faz com que a ideia se torne algo palpável, mensurável e real.

3 – Correndo atrás do prejuízo

Onde eu estou? Aonde eu quero chegar? O que eu preciso fazer para isso acontecer? No momento em que acreditamos na nossa capacidade de agir, de buscar o crescimento pessoal e profissionalmente, tudo fica mais fácil e a meta mais próxima de ser alcançada.

Você é capaz, fale para si mesmo: - Eu sou capaz! Acredite porque realmente é! Lembre-se de tudo o que no início parecia muito difícil de aprender, mas que com dedicação e esforço, você foi capaz e aprendeu. Para alguns a dificuldade é aprender a dirigir, para outros seria falar um idioma diferente, ou tocar um instrumento, enfim, podemos aprender qualquer coisa se houver dedicação, foco e esforço. Para cada pessoa em relação ao seu projeto, sua meta, há algo a ser aprendido ou aprimorado. De uma atividade artesanal a pilotar um avião, não importa qual a habilidade, toda competência pode ser adquirida se houver foco e dedicação.

Depois de perceber o seu estado atual e o estado desejado, conseguimos identificar o que é necessário ser feito para chegar lá, quais as etapas a serem cumpridas e quais as competências a serem adquiridas. E então, agora é só por em prática, missão mãos à obra, como dissemos anteriormente, “correr atrás do prejuízo.”.

Lembre-se: a sua vida lhe pertence, tudo está dentro de você, as competências e a decisão de seguir em direção a superação e conquista de novos ideais, ou continuar sonhando, sonhando e sonhando...
Transforme sonhos em realidade


Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade da autora identificado abaixo.