Hoje em dia é fácil encontrar as palavras “coach” e “coaching” nos mais diversos lugares e referindo-se a distintas atividades. Por isso, é comum surgir dúvidas sobre o processo de coaching e como ele pode apoiar a pessoa em seus objetivos.

É bastante comum ouvir perguntas sobre a diferença entre coaching, terapia, consultoria e mentoring. Veja abaixo uma breve definição de cada uma:

A terapia: É um processo realizado pelo terapeuta, um psicólogo por exemplo, que trabalhará com questões emocionais e comportamentais. Na terapia, em muitos momentos, será necessário investigar fatos passados da vida da pessoa para que se possa compreender dinâmicas de funcionamento atuais. No processo terapêutico podem ser trabalhadas tanto questões de aspecto funcional (coisas pontuais da vida da pessoa) quanto disfuncional (depressão, transtornos, entre outros).

A consultoria: Muito conhecida e utilizada no mundo dos negócios, em que empresas ou profissionais especialistas são contratados para realizar um diagnóstico, obter informações, identificar oportunidades, apontar soluções para assuntos específicos, entre outros. Esses profissionais atuam nas mais diversas áreas, como planejamento estratégico, gestão de pessoas, projetos técnicos, processos, etc. O consultor realiza o diagnóstico, aponta as possíveis soluções e, com base nisso, a empresa possui embasamento para as suas decisões.

O mentoring: É utilizado em processos de desenvolvimento profissional, em que um indivíduo mais experiente em determinada área é contratado para passar seus ensinamentos aos menos experientes. O mentor possui domínio na área de conhecimento de seu cliente, proporcionando seu desenvolvimento profissional.

O coaching: A metodologia foi iniciada nos Estados Unidos nos esportes, com Timothy Gallwey. A partir da década de 1960 o modelo de coaching esportivo começou a ser utilizado pelo mundo dos negócios. De lá para cá, o coaching evoluiu e ficou mais robusto, passando a ter influência de outras áreas do conhecimento em sua fundamentação teórica.

Atualmente, a metodologia tem um processo estruturado, com técnicas, estratégias e ferramentas que o coach (profissional) lança mão para apoiar seu coachee (cliente) no desenvolvimento de alta performance e alcance de metas.

Coaching é um processo de desenvolvimento comportamental, com foco na solução e vistas ao futuro, em que o cliente se encontra em seu estado atual e fará o percurso até o estado desejado. Além das ferramentas e técnicas, o profissional utiliza “perguntas poderosas” para estimular o cliente a falar e acessar conteúdos internos. 

Transforme sonhos em realidade
Será com estas perguntas, juntamente com o arsenal de conhecimento, aliados à escuta atenta do profissional, que o cliente busca dentro de si as motivações para realizar seus objetivos, ou ainda, encontrar o que está impedindo-o de seguir em direção ao sucesso desejado.

"Coaching é uma relação de parceria que revela e liberta o potencial das pessoas de forma a maximizar o seu desempenho. É ajuda-las a aprender, ao contrário de as ensinar." W. Timothy Gallwey

O protagonista de todo esse movimento é o coachee, pois, ele procura a metodologia e realiza as atividades para chegar lá. O coach é o coadjuvante, que estará ali apoiando, dando sustentação para que a transformação seja profunda e duradoura.

Agora que você já sabe onde se encaixa cada área citada acima, responda: Qual delas vai trazer o maior impacto positivo para a sua vida nesse momento?



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.