Sonhos, objetivos e metas. Milhares de pessoas utilizam o coaching para atingi-los. 
Transforme sonhos em realidade

Mas, o que será isso para alguém que está em vivendo em depressão? Isso chega a ser um pesadelo na vida de quem nem sequer quer tomar banho ou comer. A depressão precisa ser cuidada de maneira multidisciplinar, com acompanhamento da medicina e psicologia. 

O coaching não é recomendado para quem está com depressão, devido às pessoas confundirem a sessão de coaching com sessão de terapia, e isso é exercício ilegal da psicologia. 

Alguns dos benefícios do coaching, de acordo com a SLAC® Coaching são: aumento da produtividade, assertividade, foco na solução de conflitos, redução do nível de estresse, baixo absenteísmo, ganhos de performance. Portanto, como exigir um ganho de performance a alguém que está apático, triste, vivendo no processo da doença da depressão?

O coaching pode vir como apoio e não como carro-chefe do tratamento. A junção dos dois pode ensinar a pessoa técnicas de autoconhecimento que irão clarear seus propósitos de vida, seus valores, sua missão, que são tão fundamentais em nossa vida. 

No perdemos no dia a dia com o modo automático de viver, engolindo angústias e mágoas, nos preocupando com o que os outros vão dizer, em viver a vida, projeto e sonhos de outras pessoas, esquecendo-se de nós e do nosso verdadeiro eu.

O autocoaching traz um caminho de desenvolvimento humano sólido e seguro, pois provoca o autoconhecimento, em seguir suas metas, com determinação, sem vulnerabilidade ou perigo de pessoas influenciarem suas decisões que impactarão diretamente em sua felicidade.

A felicidade é um ato de coragem, e é preciso estar atento às armadilhas que nos levam aos buracos. O processo de coaching é um aliado nessa busca e uma arma contra a depressão.



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.