Quais os monstros que afligem seu dia a dia? Qual o tamanho deles? Você consegue encarar-los de frente? Ou eles o assustam a ponto de paralisar?

Convivemos com dificuldades, tensões, estresse, adversidades advindas dos mais inesperados cantos de nossa vida. Essas situações são inerentes a vida de todos, impossível não ser afetado por algo que nos tire do equilíbrio em algum momento. Essa situação pode ser ainda mais difícil quando nos encontramos em uma posição de liderança.

Liderar é, entre outras coisas, conseguir lidar com as adversidades da nossa vida e provindas dos nossos liderados. Mas como fazer isso? O que é preciso para conseguir manter o equilíbrio frente aos problemas e ainda conseguir ser um bom líder?

A resposta está escondida na capacidade interna de resiliência de cada um.

Resiliência, do latim “resilio” significa voltar ao estado natural. O conceito mais aprofundado que precisamos entender aqui é o de resiliência ser a capacidade de o indivíduo sobrepor-se e construir-se positivamente frente às adversidades. De enfrentar um problema e retornar ao estado inicial.

A resiliência pode e deve ser praticada diariamente. É poder escolher como perceber e responder as situações adversas. Praticar a resiliência é permitir que possam acontecer mudanças em nossas atitudes diante do caos diário.

Então, podemos entender que aqueles monstros que tem o poder de nos paralisar podem ser combatidos com uma boa dose diária de resiliência. Podemos confrontar esses monstros de frente com equilíbrio, buscando novos desafios, transformando-os em novas oportunidades e crescendo com tudo isso.

Pense, um minuto de atraso parece uma hora? Um comentário tem a força de te machucar? Um silêncio é interpretado como uma indiferença? Estes são apenas alguns dos possíveis pensamentos que estes monstros que falamos anteriormente podem “gerar”. E se eles passam pela sua mente, está na hora de ser mais resiliente.

Ser confiante, acreditar em suas verdades, dar-se o devido valor, acreditar que é capaz, aceitar mudanças, encarar o estresse e as adversidades como desafios a serem superados, saber lidar com a ansiedade, estar aberto a novas experiências e conceitos, saber administrar seus sentimentos, ser empático, reconhecer emoções em outros, ser criativo, ter eficaz capacidade de resposta, clareza, concentração e calma. Isto é ter resiliência.

Gostou? Então, está na hora de começar a fazer algo, praticar algo, ou buscar um acompanhamento visando atingir esta meta.

Seja mais resiliente, comece hoje.

Um abraço.

Transforme sonhos em realidade

Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.

  0   0

Paulo de Tarso Ferreira Corrêa

Life Coach

Mestre em Ciências da Saúde Psicólogo Clínico Life Coach http://www.paulodetarsocoach.com http://lattes.cnpq.br/1070948307377585