Ser empreendedor não tem a ver somente com ser empresário, ter seu próprio negócio. A postura empreendedora define a forma como o profissional se posiciona no trabalho, sendo ele empregado ou empregador. O profissional empreendedor é inovador, arrojado, criativo e estabelece as estratégias que vão delinear o seu futuro. Ser empreendedor é ter facilidade para identificar novas oportunidades de ação e capacidade para propor e implementar soluções aos problemas e necessidades que se apresentam de forma assertiva e adequada ao contexto.

Ter uma postura empreendedora por exemplo, é pegar um clips no chão mesmo quando ninguém estiver olhando, pois se você demonstrar sua preocupação com a empresa a ponto de pegar um clips no chão, você está demonstrando o seu comprometimento com a sua carreira e seu futuro, pois o jeito que você faz uma coisa é o jeito que você faz todas as coisas.

Este profissional reconhece e pratica os seguintes valores mais considerados pelo mercado de trabalho: lealdade, respeito, respeito pelas diferenças, honestidade, sensibilidade, humildade, alegria, cooperação, amizade, relacionamento, ética e comprometimento. Fonte: MRG Consultoria e Treinamento Empresarial.

Empreendedorismo é uma competência e pode ser desenvolvida por meio do ideograma CHAE (conhecimento, habilidade, atitude e entrega). O conhecimento é o saber, que engloba os saberes aprendidos na faculdade, nos cursos, nas leituras. A habilidade é o saber fazer, a dimensão prática que desenvolvemos na medida em que empregarmos o conhecimento adquirido. Atitude é o querer fazer, a predisposição pessoal em fazer ou não alguma ação, é o que nos leva a por em prática os conhecimentos e habilidades. E entrega é executar efetivamente, por em prática.

O profissional empreendedor tem conhecimento acerca das informações estratégicas da empresa ou negócio, sobre cenários e tendências de mercado, entre outros. Esse profissional demonstra habilidade de estabelecer objetivos e metas realistas e oportunas, implementa suas ideias e promove melhorias, motiva-se diante de problemas, etc.. As atitudes desse profissional englobam tomar iniciativa e ser proativo, revelar interesse, disponibilidade e comprometimento, demonstrar energia e entusiasmo, entre outros.

Benefícios para o profissional com a postura empreendedora:

· É orientado à resultados e monitora sua própria performance.
· Tem seu potencial reconhecido pelos demais.
· Lidera novos projetos.
· Assume desafios importantes para o negócio.
· Tem mais oportunidades de crescimento na carreira.
· Alavanca negócios, abre mercados e encanta clientes.
· Faz o ambiente de trabalho um local motivador.

Além de inovações tecnológicas, posicionamento e relacionamento são essenciais para o sucesso de qualquer empresa. Criatividade e entusiasmo para lidar com os desafios são ingredientes indispensáveis no mercado atualmente. Sendo um profissional empreendedor, naturalmente essas características se apresentam nas atitudes e na entrega e os resultados são surpreendentemente positivos. Para se tornar um profissional empreendedor é preciso sair da zona de conforto e querer mais. Observar atitudes, rever planos profissionais e pessoais, avaliar a satisfação com a situação atual são algumas formas de entender se você está confortável demais ou não. Lembre-se, “a vida é como andar de bicicleta, para manter o equilíbrio é preciso continuar se movimentando”, Albert Einstein. E se você estiver seguindo um caminho para o sucesso, será melhor ainda. “O conformismo é o carcereiro da liberdade e o inimigo do crescimento”, John. F. Kennedy.
Transforme sonhos em realidade

E você, já empreendeu hoje?!



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade da autora identificada abaixo.