Essa semana eu li um desabafo nas redes sociais que me deixou um tanto intrigada. Todos têm o direito de expor suas opiniões, sem dúvida alguma. No entanto, quando a gente expõe o que pensa sem conhecer direito o assunto, corre o risco de passar vergonha.

Mas, vamos ao que interessa! Eu estava lendo algumas postagens em uma rede social quando me deparei com uma pessoa bastante revoltada com as ameaças do mundo moderno. Ela citava estar muito preocupada com a sua produtividade, porque mesmo com toda a experiência e formação que havia adquirido na vida, ainda não acompanhava os jovens. Ela se sentia lenta demais para aprender e colocar em prática. Citou que quando conseguia aprender algo novo, aquilo já estava obsoleto.

Eu diria que essa pessoa não é a única que passa por isso. Essa é a realidade para todos nós, e eu também passo por isso. E se a gente fica pensando que quando conseguir aprender já vai estar obsoleto, não sairemos do lugar. E digo mais: se a gente fica esperando aprender para colocar em prática, não consegue colocar, pois fica atrasado mesmo. Então, o negócio hoje é colocar em prática aprendendo! 

Reflexões à parte, essa pessoa que se mostrava inconformada com a realidade, ainda se revelava-se muito preocupada com o fato de que agora as pessoas precisam de um coach. “Como assim?”, dizia ela, que continuou: “Agora um jovem que se formou em coaching sabe tudo? Sabe mais do que eu? Eu que já tenho experiência de vida? Quem é esse jovem Coach para dizer o que eu devo fazer? Quem é esse inexperiente profissional, para dizer que sabe mais do que eu?”
Transforme sonhos em realidade

E foi nesse ponto que eu percebi a necessidade de sabermos sobre o que vamos falar, antes de falar. Isso me deixou muito intrigada e preocupada. Talvez esse profissional não tenha tido uma experiência positiva com alguém que se passou por um coach sem o ser de fato. Ou contratou um coach com uma formação duvidosa, talvez. Difícil julgar.

Mas a minha preocupação não foi somente sobre o fato daquele profissional em si não saber o que é coaching. Foi sobre o fato de que muitas pessoas ainda não sabem do que se trata essa metodologia.

Esse desconhecimento não é culpa desse profissional. Na verdade, o coaching é algo muito novo no Brasil, e a maioria das pessoas que tiveram algum contato com o coaching no pais, o teve através das empresas em que trabalham. 

Empresas, em geral, contratam esse tipo de serviço, para apoiar seus executivos a atingirem suas metas, para a organização. E, geralmente, esse é um serviço contratado de forma sigilosa, para preservar as estratégias da empresa. Então, é perfeitamente compreensível que haja esse desconhecimento sobre o processo. 

Ainda mais para o Coaching de Vida. Há alguns anos atrás, ninguém cogitava contratar um coach diretamente para si, para atingir as suas metas pessoais. E é justamente para isso, para te dar o suporte necessário para conquistar seus objetivos pessoais que se destina o serviço de Coaching de Vida.

Nosso amigo profissional, ironicamente, estava muito preocupado, pois para ele o coach sabe tudo, sabe mais do que ele e irá dizer o que ele deve fazer. Mas na realidade, o profissional de coaching não atua dessa forma.

Quando uma pessoa se forma em coaching, independentemente da sua idade, ela estuda técnicas e ferramentas para apoiar as pessoas. O coach não estuda tudo o que existe de conhecimento no universo, mas sim o que precisa para apoiar seu cliente a se desenvolver no que for necessário, para que o seu cliente atinja os seus objetivos traçados.

Só para ter uma ideia do que estudamos em uma formação em coaching, nós aprendemos a ouvir o nosso cliente com atenção. Em seguida, conhecemos as técnicas para apoiar o nosso coachee a refletir sobre suas falas, de forma a dissolver crenças que o limitam e conhecer os valores que o influenciam em suas decisões. 

O universo da formação em coaching é muito vasto, a ponto de darmos suporte ao cliente para obter mais autoconhecimento, a descobrir seu propósito de vida, a mapear seus recursos internos já desenvolvidos que possam contribuir para o seu sucesso, e a desenvolver comportamentos e competências necessárias para o seu crescimento.

Mas acima de tudo, o coach tem clara a instrução de não dizer o que o cliente deve fazer, não emitindo opiniões, ou fazendo julgamentos, e muito menos ensinando o coachee como fazer algo. O coach utiliza as técnicas e ferramentas aprendidas para apoiar seu cliente a usar toda a sua experiência, todo o aprendizado que ele construiu ao longo de sua vida, como pontos fortes para a sua conquista.

As técnicas de coaching também podem ser usadas em treinamentos, para facilitar a absorção e compreensão do conteúdo, mas isso não é uma regra. Bem aplicadas, são diferenciais. 

Sim! O processo de coaching pode ser um grande aliado de quem está em busca de se conhecer melhor, de descobrir o seu propósito de vida, de deixar um legado, de desenvolver ou aprimorar um comportamento ou uma competência, para conquistar um objetivo, seja ele pessoal ou profissional.

Pessoas físicas também podem contratar um serviço de coaching para ter o apoio necessário para conquistar suas metas pessoais e profissionais. Para elas, o serviço mais adequado é o Coaching de Vida.
 
E você, o que pensa a respeito do coaching?



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.