Motivação e produtividade
É fato que produtividade está relacionada com gerenciamento de tempo e estabelecimento de prioridades. Saber organizar a agenda e dividir as tarefas em circunstanciais, importantes e urgentes, já é um bom começo de dia, ou de semana. 

Talvez prazos mais longos possam atrapalhar a organização, pois as demandas diárias contribuem para a priorização das tarefas. É importante, também, reservar um tempo para os imprevistos, e mesmo estes devem ser devidamente analisados quanto à urgência da demanda.

Outro ponto crucial é livrar-se de distrações. A tecnologia é grande parceira das atividades diárias, mas pode ser também uma inimiga! 

Se fosse possível mensurar o tempo perdido com essas distrações, facilmente se perceberia o quanto é desperdiçado ao longo do dia. O momento de pausa deve fazer parte da rotina, para um breve descanso mental, e pode ser aproveitado também para um lanche e os assuntos pessoais. Mas, importante, esse momento é breve e planejado!

O que ficou de fora desta equação, e que não é menos importante, e talvez seja um grande diferencial, é a motivação. Qualquer pessoa, independente do setor ou atividade, produz mais e melhor se estiver motivada.

“Motivação: do latim movere, mover. Refere-se em Psicologia, em Etologia e em outras ciências humanas à condição do organismo que influencia a direção (orientação para um objetivo) do comportamento. Em outras palavras é o impulso interno que leva à ação." (Rudolph, Udo - 2003. Motivationspsychologie. Weinheim: Beltz)

Quem nunca adiou uma tarefa até o último minuto por preguiça? E aquele artigo chato que precisava ser lido, e depois de passada a obrigação tornou-se extremamente interessante? E a rotina cansativa, que chega a ser automática, por simplesmente parecer não ter um propósito?
 
O indivíduo sente-se motivado quando se sente realizado. Motivação e realização são sentimentos extremamente pessoais e individuais, e, ao contrário do que muitos pensam, nem sempre estão relacionados ao dinheiro. 

Conhecer a equipe e estar próximo dos colaboradores, é fundamental para o líder que deseja uma equipe motivada e engajada, pois saberá identificar qual a necessidade individual, não apenas do conjunto.

Veja algumas dicas para manter o seu time estimulado:

1. Expor as metas de forma clara: Para chegar ao objetivo, é preciso conhecê-lo. O planejamento, a missão, a visão, os valore, as metas, enfim, todo o foco da empresa deve estar claro para 100% da equipe. O "chão de fábrica" deve saber exatamente o que ele está fazendo dentro da organização, e qual o impacto do seu trabalho no resultado final;

2. Oportunidade de participação: Dar voz para cada membro da equipe é importante para verificar qual o impacto das decisões tomadas, ou qual a real possibilidade de funcionamento de um processo, ou quais as necessidades de determinado setor. Visitar os setores, verificar as atividades in locu, saber quais as dificuldades, ouvir sugestões. A liderança motivadora sai do escritório;

3. Reconhecimento: Elogiar e reconhecer o trabalho bem feito, é capaz de motivar qualquer colaborador. Todo processo de motivação deve possuir um mecanismo efetivo de feedback para que as equipes e os colaboradores sintam-se reconhecidos pelo seu trabalho;

4. Estímulo à integração: O networking interno é tão importante quanto o externo. Estimular a troca de experiências entre as equipes facilita a divulgação e implantação de cases de sucesso. Além disso, é uma forma de reconhecimento;

5. Incentivo ao desenvolvimento: Investir em programas de treinamento é fundamental para manter o profissional atualizado e com desenvolvimento técnico condizente com as necessidades da empresa. Palestrantes e treinadores externos são sempre bem-vindos, pois geram maior estímulo à participação;

6. Ambiente favorável: Manter o ambiente agradável, evitando conflitos desnecessários, estimulando o diálogo aberto, é forte estímulo para a permanência do colaborador na empresa. Não é nada rentável investir em um profissional e vê-lo sair correndo para o concorrente na primeira oportunidade. Portanto, é importante manter o ambiente favorável para que o profissional treinado e capacitado queira permanecer e crescer com a empresa;

7. Esteja disponível: O líder motivador participa, ouve, elogia e incentiva pessoalmente. Saber delegar é uma qualidade intrínseca do bom líder, mas esta missão não pode ser delegada. O líder deve segurar a equipe pelas mãos, participar dos desafios e das conquistas, mostrando a importância de cada indivíduo na conquista do todo.

Motivar pessoas é um desafio constante, diário, que requer, mas que traz como resultado uma equipe engajada e muito mais produtiva. Vale a pena o esforço e a dedicação!



Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.