Se você vive dias muito agitados e estressantes, certamente a tomada de decisão ao fim do dia é muito mais difícil de ser assertiva.

Isso ocorre devido a “fadiga da decisão”, termo criado pelo psicólogo Roy Baumeister, pesquisador da Universidade Estadual da Flórida, que atesta em sua tese, que temos uma reserva de “força de vontade”, gasta no momento de decisões, que se esgota ao decorrer do dia. Por isso que ao fim do dia passamos a tomar decisões sem muitos esforços, tendendo opções mais simples.

O psicólogo afirma ainda que o desgaste para tomar decisões simples, como decidir qual será o cardápio para o jantar, é exatamente o mesmo que para as mais complexas, como definir o destino de alguém.

Embora possa parecer simples, o processo de tomada de decisão ativa mecanismos complexos do equilíbrio de vida, que geram altos níveis de estresse e podem esgotar nossas reservas de neurotransmissores do sistema nervoso.

Obviamente, esse fato impacta em sua produtividade, já que tendemos a gastar “desnecessariamente” nossa reserva de energia com decisões simples do dia a dia. 

Que roupa vestir? Pão com manteiga, queijo ou requeijão? Qual o melhor caminho para o trabalho? Devo compartilhar essa publicação?

Pode parecer estranho, mas quanto mais você evitar essas decisões simples e corriqueiras, maior será sua produtividade.

Veja algumas dicas para minimizar a perda de energia e tomar decisões mais assertivas e produtivas durante todo o dia:

- Planejamento: Se organize para evitar que decisões menos importantes sejam necessárias logo no início do dia. Por exemplo, antes de dormir escolha a roupa que utilizará no próximo dia. Assim, você toma uma decisão na noite anterior e não “gasta” seu processo decisivo do dia seguinte;

- Crie uma rotina: Ações corriqueiras podem entrar em uma rotina onde evita tomada de decisões em cima da hora.  Em suas tarefas diárias no trabalho, por exemplo, eleja a ordem em que as tarefas devem ser tratadas. Assim, não precisará decidir por onde começar;

- Compartilhe decisões: Quando não puder decidir sozinho, não hesite em compartilhar decisões com alguém. Por exemplo, partilhe com seu (sua) companheiro (a) o destino e todos os trâmites das próximas férias;

- Priorize decisões: Sempre que possível, inicie seu dia com as decisões mais importantes. Deixe as com menos importância para o fim do dia;

- Não assuma decisões alheias: Não perca energia com assuntos que não devem ser tratados por você. Cada um deve assumir suas responsabilidades;

- Descanse: O estresse é cumulativo, portanto, durma o necessário (média de 8 horas por dia) para recarregar suas energias para um novo dia;

- Redes sociais: Normalmente os assuntos tratados em redes sociais são de menor importância. Por isso, programe-se e gaste sua energia com essas atividades somente ao fim do dia.

Poupe sua energia e produza mais!

Transforme sonhos em realidade


Informamos que esse texto é de inteira responsabilidade do autor identificado abaixo.